VdA junta-se ao Global Legal Blockchain Consortium

A VdA é a primeira sociedade de advogados portuguesa a associar-se ao Global Legal Blockchain Consortium (GLBC), uma organização que conta com cerca de 60 entidades.

A VdA é a primeira sociedade de advogados portuguesa a associar-se ao Global Legal Blockchain Consortium (GLBC), uma organização que conta com 60 outras entidades, incluindo empresas de software, outros escritórios e também universidades.

A GLCB é conhecida por ser inovadora e pelo seu trabalho em DLT (Distributed Ledger Technology) e blockchain — uma tecnologia disruptiva com várias implicações legais, incluindo para as próprias sociedades de advogados.

Fonte oficial da VdA afirmou, em declarações à Advocatus, que ter a oportunidade de colaborar com os restantes membros do GLBC vai proporcionar ao escritório um valor acrescentado dos serviços que oferecem e vai “contribuir para o desenvolvimento de diretrizes legais e normativas relativas a esta tecnologia, incluindo os temas da segurança, privacidade, responsabilidade, propriedade intelectual e aplicabilidade”.

Pierson Grider, organizador global do GLBC afirma que a organização está muito entusiasmada “por ter a VdA a participar no GLBC. O seu envolvimento será uma enorme fonte para o consórcio e para os seus membros. Parcerias provenientes de todo o mundo são essenciais para perceber e desenvolver soluções de blockchain para a parte jurídica”, remata.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

VdA junta-se ao Global Legal Blockchain Consortium

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião