Lisboa lidera ganhos na Europa. Navigator de vento em popa

O PSI-20 registou a primeira sessão de ganhos após quatro de quedas. Subiu mais de 1%, com a Navigator na liderança dos ganhos. Ações da papeleira valorizaram 4%.

Após quatro sessões no vermelho, ventos favoráveis voltaram a soprar na bolsa nacional. O PSI-20 encerrou a valorizar mais de 1%, destacando-se na liderança dos ganhos europeus num dia de acalmia nos mercados bolsistas. O verde imperou entre quase todos os títulos do índice, mas com a Navigator a destacar-se com um disparo de mais de 4%.

O PSI-20 valorizou 1,29% (maior subida diária em quase dois meses), para os 5.487 pontos, com 17 dos seus 18 títulos em terreno positivo. Apenas a EDP não acompanhou esse sentimento, com as suas ações a terminarem inalteradas nos 3,40 euros.

O índice bolsista encabeçou os ganhos numa Europa onde as principais praças bolsistas até encerraram em alta, respirando de alívio com o atenuar da crise na Turquia e da guerra comercial entre os EUA e a China. O índice bolsista europeu Stoxx 600 valorizou 0,5%.

Ações da Navigator disparam 4%

Na Turquia, o alívio acontece depois de o Qatar se ter disponibilizado a investir 15 mil milhões de dólares na economia turca. Paralelamente, Erdogan encontrou na Alemanha um novo aliado para tentar travar a crise.

As notícias que dão conta de que uma delegação chinesa vai viajar até aos EUA no final de agosto para realizar negociações sobre o comércio entre os dois países também ajudaram a aliviar os receios dos investidores e a puxar pelo desempenho dos mercados bolsistas do velho Continente.

O rumo positivo do PSI-20 resultou sobretudo do avanço das ações das retalhistas Jerónimo Martins e Sonae, bem como do BCP. Os títulos da dona do Pingo Doce somaram 1,97%, para os 12,92 euros, enquanto as da dona do Continente ganharam 1,92%, para os 95,40 cêntimos. Por sua vez, os títulos do BCP aceleraram 1,59%, para os 25,56 cêntimos.

Contudo, o grande destaque positivo da sessão recaiu sobre a Navigator que viu os ventos do mercado soprarem de vento em popa a seu favor. Os títulos da papeleira dispararam 4,19%, para os 4,479 euros, encabeçando os ganhos da praça lisboeta.

Tratou-se da primeira subida após quatro sessões consecutivas de fortes perdas, com o título a encontrar-se em recuperação. Só esta semana já acumulava uma desvalorização superior a 10%, na sequência do caso das taxas antidumping sobre as vendas de papel nos EUA e que vão custar 45 milhões de euros aos lucros da papeleira liderada por Diogo da Silveira.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lisboa lidera ganhos na Europa. Navigator de vento em popa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião