Crescimento da Grécia desacelera antes do fim do resgate

  • Lusa
  • 3 Setembro 2018

Pelo sexto trimestre consecutivo, a economia grega expandiu-se. Ainda assim, de abril a junho, a economia helénica cresceu menos do que no início do ano.

A economia da Grécia cresceu 0,2% no segundo trimestre deste ano, face aos três meses anteriores, e 1,8% em relação a igual período de 2017, indicam dados provisórios divulgados, esta segunda-feira, pelo Gabinete de Estatísticas helénico (Elstat).

O crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) grego foi inferior ao registado no primeiro trimestre deste ano, altura em que a atividade económica se expandiu 0,9%.

As importações de bens e serviços cresceram 4,8%, na comparação com o primeiro trimestre, enquanto as exportações registaram um acréscimo de 3,9%. A Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) manteve-se no mesmo nível de crescimento observado no primeiro trimestre, enquanto o consumo final aumentou 0,5%.

Na comparação homóloga, as exportações registaram um aumento de 9,4% e as importações helénicas tiveram um acréscimo de 4,3%. A FBCF caiu, no período em análise, 5,4% e o consumo final teve um acréscimo de 0,8%.

O segundo trimestre é o sexto consecutivo em que a economia grega regista crescimento, depois de sete anos de recessão.

O crescimento da economia é um fator determinante para a saída do país da crise, pois a Grécia está obrigada a apresentar um excedente orçamental primário (que exclui o pagamento de juros) de 3,5% do PIB em 2022 e de 2,2% a partir desta data até 2060.

Para este ano, o governo do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, prevê um crescimento do PIB de 2,3%, depois de 1,4% em 2017.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Crescimento da Grécia desacelera antes do fim do resgate

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião