Portuguese Women in Tech vai premiar mulheres portuguesas

Dois anos depois da sua criação, a comunidade de mulheres que se distinguem pelo seu trabalho no ecossistema tech vai atribuir os primeiros prémios.

A comunidade Portuguese Women in Tech (PWiT) quer continuar a apresentar mulheres que estão a contribuir para a dinamização do ecossistema tecnológico e, esta semana, lançou mais uma iniciativa para o efeito. Pela primeira vez, a comunidade vai premiar mulheres que se têm destacado dentro da indústria tecnológica. A lista das nomeadas sujeitas a votações será revelada a 1 de outubro. Até lá, a Portuguese Women in Tech pede “ajuda do público” (as nomeações prolongam-se até 24 de setembro).

Por isso, se conhece alguma mulher que se distinga e tenha impacto em áreas como o empreendedorismo (como fundadora, cofundadora ou founder), marketing e vendas, programação, dados, design, recursos humanos e talento, gestão de produto e liderança de comunidades, nomeie-a.

O prémio Portuguese Women in Tech será, depois da fase de votações, atribuído às vencedoras escolhidas entre as cinco finalistas de cada categoria.

“O que procuramos é premiar as mulheres em tecnologia nacionais que mais se destacam. Queremos que seja um momento de networking e de encontro do ecossistema, mas também um momento de destaque para as mulheres e empresas em Portugal”, explica Liliana Castro, fundadora da comunidade PWiT.

Este evento de entrega dos prémios organizado pela Portuguese Women in Tech conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, através da convocatória aberta do ScaleUp Porto. Conta também com o apoio de várias empresas tech nacionais como é o caso da NATIXIS.

Comentários ({{ total }})

Portuguese Women in Tech vai premiar mulheres portuguesas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião