MoviePass prepara-se para entrar em Portugal

  • Lusa
  • 17 Setembro 2018

Mitch Lowe, que foi um dos fundadores da Netflix, admitiu que pode trazer o serviço para Portugal.

O CEO do serviço de subscrição de cinema MoviePass, Mitch Lowe, disse, no Porto, que pode trazer o serviço para Portugal, numa altura de queda generalizada de espetadores, nas salas de cinema.

Mitch Lowe, que foi um dos fundadores da Netflix e agora lidera a empresa de subscrições, adiantou, à margem da conferência Vertex, organizada pela Porto Business School, que o objetivo deste serviço, que para já funciona apenas nos EUA, é fazer face às necessidades de “quem gosta de cinema” e que tem assim mais opções para escolher os filmes que pretende, por dez dólares por mês.

O MoviePass, serviço de subscrição de bilhetes de cinema, tem estado nas notícias, nem sempre “pelas melhores razões”, admitiu, em declarações à Lusa, referindo-se ao facto de o serviço ter ficado sem dinheiro (e sem bilhetes) repentinamente, numa questão que já foi resolvida.

O empresário culpou os donos dos cinemas e as produtoras “que têm feito o possível para [os] parar”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

MoviePass prepara-se para entrar em Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião