Tensões comerciais pressionam tecnológicas. Nasdaq cai 1,4%

As negociações estiveram condicionadas esta segunda-feira em Wall Street, com os investidores à espera que Donald Trump implemente as tarifas contra a China. O índice tecnológico derrapou 1,42%.

As bolsas norte-americanas acentuaram as perdas registadas no arranque da sessão e fecharam em queda, com os investidores na expectativa de que Donald Trump implemente o pacote de tarifas sobre as importações chinesas, no valor de 200 mil milhões de dólares. Os receios da escalada das tensões comerciais entre as duas maiores economias do mundo condicionaram mais as negociações no setor tecnológico.

O S&P 500 encerrou a cair 0,55%, para 2.888,87 pontos, enquanto o industrial Dow Jones recuou 0,35%, para 26.063,24 pontos. Já o tecnológico Nasdaq derrapou 1,42%, para 7.896,61 pontos, à medida que os investidores vão recolhendo mais-valias, temendo que as tarifas aduaneiras sobre as importações chinesas penalizem o desempenho das grandes tecnológicas.

O destaque vai para a queda da Apple. A fabricante do iPhone desvalorizou 2,66%, para 217,88 dólares, depois de ter admitido que os impostos sobre as importações chinesas poderão ter impacto numa “vasta gama” de produtos da marca, de acordo com a Reuters. Nota também para os títulos da Amazon. A gigante do comércio eletrónico fundada por Jeff Bezos derrapou 3,16%, para 1.908,03 dólares.

A Netflix também esteve sob pressão em Wall Street, assim como a Alphabet (dona da Google). Respetivamente, a primeira caiu 3,90%, enquanto a segunda perdeu 1,54%.

Segundo a Reuters, os investidores estão na expectativa de que Donald Trump, Presidente dos EUA, anuncie a qualquer momento o passo em frente na proposta de tarifas aduaneiras, de 200 mil milhões de dólares, sobre produtos importados da China. Pequim já ameaçou retaliar, fazendo escalar as tensões comerciais entre os dois países.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tensões comerciais pressionam tecnológicas. Nasdaq cai 1,4%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião