Procura por quartos para estudantes dispara nos distritos do interior

A procura por quartos para estudantes disparou nos distritos do interior, possivelmente influenciada pela redução de mais de 1.000 vagas de acesso em Lisboa e no Porto.

Com o novo ano letivo à porta, os estudantes universitários também sentiram o peso da especulação imobiliária. Com as rendas dos quartos cada vez mais altas, a procura disparou nos distritos do interior, tendo chegado mesmo a cair no distrito de Lisboa.

Neste ano letivo, os alunos procuraram alternativas, nomeadamente no interior do país. Aveiro, Castelo Branco e Setúbal foram os distritos mais procurados pelos estudantes para encontrar quarto no portal imobiliário Imovirtual, quando comparado com o mesmo período do ano passado. Este aumento sentiu-se principalmente na semana de 8 a 14 de setembro, depois de serem publicados os resultados de acesso ao ensino superior.

O distrito de Aveiro foi o mais procurado, com uma procura de 129%, à frente de Castelo Branco (79%), Setúbal (73%) e Leiria (56%). Contrariando a tendência — e refletindo os preços elevados que são praticados pelos senhorios –, esteve Lisboa, onde a procura caiu 7%, subindo apenas 6% no Porto.

Esta procura pode ter sido gerada pela redução de mais de mil vagas, que se verificou este ano, em Lisboa e no Porto. Para além disso, o crescimento do alojamento universitário tem sido uma tendência generalizada no país inteiro, gerando oportunidades para os proprietários de rentabilizar os seus imóveis”, diz Sylvia Bozzo, responsável de marketing do Imovirtual, em comunicado.

Durante esta semana, as visitas ao Imovirtual aumentaram 73% em comparação com o mesmo período do ano passado, traduzindo-se em mais de 1,3 milhões de acessos.

Comentários ({{ total }})

Procura por quartos para estudantes dispara nos distritos do interior

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião