Bruxelas denuncia derrapagem “sem precedentes” no orçamento de Itália

  • Lusa
  • 18 Outubro 2018

A Comissão Europeia enviou uma carta a Roma onde denuncia uma derrapagem "sem precedentes" no orçamento italiano. Exige explicações até segunda-feira e ameaça com chumbo pioneiro ao documento.

A Comissão Europeia denunciou a derrapagem orçamental “sem precedentes” em Itália prevista para 2019, numa carta dirigida a Roma a pedir uma “clarificação”. A derrapagem italiana “não tem precedentes na história do Pacto de Estabilidade e Crescimento”, escreveu a comissão, pedindo a Itália para apresentar as suas observações até “dia 22 de outubro ao meio-dia”.

Bruxelas aponta um risco de “não-conformidade grave” com as regras europeias, que pode levar a uma rejeição do orçamento, o que nunca aconteceu na história da União Europeia (UE).

A coligação populista que governa Itália enviou na segunda-feira à noite a Bruxelas uma proposta de orçamento que prevê um défice de 2,4% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 para cumprir promessas eleitorais que exigem um aumento da despesa pública, contrariando os compromissos assumidos com a UE.

O anterior governo italiano de centro-esquerda tinha prometido um défice público de 0,8% para 2019.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bruxelas denuncia derrapagem “sem precedentes” no orçamento de Itália

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião