Montepio regista nova marca do banco

O Montepio já registou a nova marca no Instituto Nacional da Propriedade Industrial, e o pedido aguarda agora oposição, numa fase que está prevista prolongar-se até ao final do ano.

O Montepio já avançou com o registo da nova marca do banco. O nome escolhido foi Banco Montepio, e o pedido foi apresentado no início do mês passado ao Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), o organismo público responsável pelo registo e concessão de marcas em Portugal.

O pedido de registo no INPI, que se pode consultar na página do organismo, aguarda agora oposição, numa fase que se iniciou a 29 de outubro e está prevista prolongar-se até ao fim do ano. A mudança não deverá assim ocorrer ainda em 2018, como foi avançado por Carlos Tavares.

A motivar esta mudança estão as parecenças do nome Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), com o seu único acionista, a Associação Mutualista Montepio Geral.

Os reguladores, CMVM e Banco de Portugal, já apelaram para uma maior diferenciação entre as duas entidades, e assim esta foi uma das medidas previstas no Novo Plano de Transformação. Estatutariamente, a CEMG vai manter o nome, mas a forma como o banco se apresentará ao mercado através dos balcões vai mudar.

Esta não é a única mudança prevista. A imagem do pelicano, que partilha com a Associação Mutualista Montepio Geral, vai ser estilizada, e o Montepio Investimento também irá mudar de designação e terá novas funções.

Comentários ({{ total }})

Montepio regista nova marca do banco

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião