Portugal é o melhor destino de Golfe do Mundo

  • Lusa
  • 5 Novembro 2018

Portugueses conquistam há cinco anos o prémio atribuído nos World Golf Awards.

Portugal venceu na categoria de “Melhor Destino de Golfe do Mundo”, pelo 5.º ano consecutivo, nos World Golf Awards de 2018, foi anunciado esta segunda-feira.

Em comunicado, o Turismo de Portugal anuncia que os greens (campos de golfe) também foram distinguidos com o galardão de “melhor destino de Golfe da Europa” nos World Golf Awards de 2018, cuja cerimónia decorreu no último fim de semana, em La Manga, Murcia (Espanha).

“O setor do turismo, através de ações concertadas entre as entidades públicas e privadas, tem apostado neste segmento procurando desenvolver uma experiência turística integrada, com boas acessibilidades aéreas e terrestres bem como excelentes infraestruturas desportivas e hoteleiras”, refere o Turismo de Portugal no comunicado.

O Turismo de Portugal precisa que “aspetos como o clima, a cultura, a gastronomia e os vinhos, as praias, a história, a variedade das paisagens, e sobretudo, a hospitalidade do povo português, são, certamente, elementos diferenciadores que fazem de Portugal um destino de excelência para a prática da modalidade e o seu reconhecimento tem-se verificado através dos vários prémios conquistados ao longo dos últimos anos.

O presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, confirma o potencial turístico do produto, referindo que “a procura de golfe, maioritariamente internacional, contribui de forma significativa para a existência de atividade turística ao longo de todo o ano – um dos grandes objetivos da Estratégia 2027″.

Segundo dados do Turismo de Portugal, atualmente existem 91 campos de golfe em Portugal (dos quais 66 têm 18 ou 27 buracos) e o Algarve é a região que concentra o maior número de campos em Portugal seguido de Lisboa.

A entidade, responsável pela promoção, valorização e sustentabilidade da atividade turística em Portugal, refere que “o Reino Unido continua a ser o mercado emissor mais representativo, com cerca de 50% da procura, seguindo-se o mercado interno com 14% das voltas realizadas”.

A Suécia (11%), Alemanha (5%) e Irlanda (5%), completam o ‘top 5’, adianta.

Os World Golf Awards (worldgolfawards.com) visam estimular a indústria turística do golfe e resultam da votação online de profissionais ligados ao setor, a operadores turísticos especializados e a meios de comunicação dedicados ao golfe, mas também do público em geral.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Portugal é o melhor destino de Golfe do Mundo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião