Centeno: “Este é o 18º trimestre consecutivo de crescimento”

Apesar da economia portuguesa ter desacelerado no terceiro trimestre, "mantém-se a convergência com a União Europeia e a Zona Euro", garante o Ministério das Finanças.

Apesar da economia portuguesa ter desacelerado no terceiro trimestre, “mantém-se a convergência com a União Europeia e a Zona Euro”, diz o Ministério das Finanças. Em comunicado, Mário Centeno destaca ainda que este foi o décimo oitavo trimestre consecutivo de crescimento do PIB luso.

De acordo com os dados divulgados esta quarta-feira pelo Instituto Nacional de Estatísticas (INE) e confirmados pelo Eurostat, de julho a setembro, Portugal cresceu 2,1% face ao mesmo período do ano passado e 0,3%, na variação em cadeia, ficado acima da média europeia (1,9%) na primeira comparação e em linha na segunda. Em ambas as variações, a evolução do PIB reflete uma desaceleração.

“Este ritmo de crescimento representa um abrandamento face ao trimestre anterior (2,4% em termos homólogos e 0,6% em cadeia), mas mantém a tendência de convergência com a União Europeia e com a Zona Euro (1,9% e 1,7% em termos homólogos, respetivamente”, nota o Ministério das Finanças.

Segundo o Governo, em termos homólogos, o padrão de crescimento “continuou marcado por uma forte dinâmica de criação de emprego e de redução de desemprego”. Mário Centeno salienta ainda a “aceleração ligeira do crescimento do investimento”.

“Este é o décimo oitavo trimestre consecutivo de crescimento da economia portuguesa”, assinala também o Executivo de António Costa, referindo que esta evolução acontece num contexto de “equilíbrio de contas externas e de consolidação orçamental”.

“Este é o caminho que garante maior resiliência da economia portuguesa e permite continuar a assegurar as funções do Estado de forma continuada”, conclui o Ministério de Centeno.

Portugal volta a estar acima da média europeia

De visita a Leira para o lançamento da “Parceria Competências Digitais +”, também o primeiro-ministro fez questão de comentar os dados divulgados pelo INE. O governante, citado pela Lusa, salientou que Portugal cresceu no terceiro trimestre deste ano a um ritmo superior à média europeia e da zona euro.

“Desde que aderimos ao euro, isto nunca tinha acontecido, a não ser o ano passado, em 2017, e está a acontecer este ano”, sublinhou Costa.

O líder do Governo disse que o país quer continuar este ritmo de crescimento e que, para isso, “temos de continuar este esforço de qualificação dos recursos humanos, que é fundamental para continuarmos a criar emprego”.

(Notícia atualizada às 13h44).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Centeno: “Este é o 18º trimestre consecutivo de crescimento”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião