E o melhor ministro das Finanças da Europa é… The Banker elege Mário Centeno

O português foi eleito entre os pares europeus pela The Banker. A nível global, o ministro das Finanças do ano foi Sri Mulyani Indrawati, da Indonésia.

Mário Centeno foi eleito o melhor ministro das Finanças da Europa em 2018, pela publicação The Banker, que pertence ao grupo do Financial Times. Após ter completado um ano na presidência do Eurogrupo, Centeno recebeu o prémio, que celebra os responsáveis políticos que “melhor conseguiram estimular o crescimento e estabilizar a economia”.

“O ministro das Finanças português Mário Centeno pode olhar para os primeiros 12 meses como presidente do Eurogrupo com merecida satisfação“, escreve a publicação. “Maratonas de negociação entre os ministros das Finanças no início de dezembro terminaram com as mais significativas reformas do bloco da moeda única desde a crise da dívida soberana. Foram alcançados acordos em dezenas de tópicos com base na prevenção e gestão de futuras crises financeiras”.

A publicação considera que Centeno foi uma escolha inusitada para um dos cargos com mais prestígio da Zona Euro já que é o primeiro presidente do Eurogrupo vindo do sul da Europa e de um país que foi resgatado durante a crise financeira, mas elogia o percurso do português. Para 2019, vê como principais desafios o Sistema Europeu para a Garantia de Depósitos e o Orçamento da Zona Euro.

A par do sucesso com as negociações no Eurogrupo, a The Banker aponta ainda para a recuperação económica de Portugal, com o desemprego a cair abaixo de 7% (do pico de 17% em 2013) e as estimativas da OCDE a projetarem um crescimento do produto interno bruto (PIB) de 2% tanto em 2019 como em 2020. O défice orçamental deverá passar a excedente em 2020 (na visão da OCDE) e o rácio de dívida face ao PIB continuar a diminuir nos próximos anos.

Número dois de um Governo que lidera o país, desde 2015, em acordo informal com os partidos da esquerda, Centeno restruturou e recapitalizou ainda quatro dos cinco maiores bancos portugueses. A publicação acrescenta que o salário mínimo e as pensões aumentaram, enquanto os impostos às empresas e aos baixos rendimentos caíram.

Além de Centeno, houve outros eleitos noutras regiões pela The Banker. O melhor ministro das Finanças em 2018 a nível global é da região Ásia-Pacífico: Sri Mulyani Indrawati, da Indonésia. No continente americano, foi galardoado o chileno Felipe Larrain. Em África, o escolhido foi o egípcio Mohamed Maait, enquanto, no Médio Oriente, foi o israelita Moshe Kahlon.

(Notícia atualizada às 11h20)

Comentários ({{ total }})

E o melhor ministro das Finanças da Europa é… The Banker elege Mário Centeno

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião