Tomás Correia toma hoje posse como presidente da Associação Mutualista Montepio

  • Lusa
  • 3 Janeiro 2019

Tomás Correia ganhou as eleições de dezembro com 43,2% dos votos, ainda que perdendo a maioria absoluta.

Tomás Correia toma esta quinta-feira posse como presidente da Associação Mutualista Montepio Geral, cargo que já ocupa há dez anos. Os órgãos sociais para os próximos três anos tomam posse na sede da mutualista, em Lisboa, pelas 17h00, sendo o Conselho de Administração liderado por Tomás Correia, cuja lista ganhou as eleições de dezembro com 43,2% dos votos, ainda que perdendo a maioria absoluta.

A lista C, liderada por António Godinho, ficou em segundo lugar, com 36,3% dos votos, e a lista B, encabeçada por Ribeiro Mendes, que era administrador da mutualista, em terceiro, com 20,5% dos votos.

Além de Tomás Correia, integrarão a administração da Associação Montepio, como vogais, Carlos Morais Beato, Virgílio Lima, Idália Serrão e Luís Almeida.

Tomam também posse os elementos da Mesa da Assembleia Geral e do Conselho Geral.

A Mesa da Assembleia Geral será novamente presidida pelo padre Vítor Melícias, sendo os secretários António Sameiro e António Dias Sequeira.

Quanto ao Conselho Geral, a sua composição resulta da eleição proporcional dos membros das três listas concorrentes.

Os membros efetivos são Maria de Belém Roseira (lista A), Alípio Dias (lista C), Alberto Ramalheira (lista A), João António Costa Pinto (lista B), Viriato da Silva (lista C), Alfredo de Sá (lista A), Carlos Areal (lista C), Manuel Caseirão (lista A), António Rodrigues (lista B), Manuel Ferreira (lista C), Luís Patrão (lista A) e Gonçalo Alves (lista C).

Por fim, o Conselho Fiscal tem como presidente Ivo Pinho e como vogais Ana Harfouche e Isabel Cidrais Guimarães.

As eleições de dezembro ficaram marcadas por dúvidas sobre idoneidade de Tomás Correia.

Havia também dúvidas sobre se algum regulador tomaria alguma posição antes da tomada de posse.

É que a ASF — que pelo novo código das mutualistas supervisiona a Associação Mutualista Montepio Geral — tem regras mais restritas para a conceder a idoneidade e o gestor está a ser investigado em vários processos judiciais e no Banco de Portugal.

Contudo, nem o Ministério do Trabalho nem a ASF se têm pronunciado sobre este tema e o código mutualista prevê um regime de transição de 12 anos para estar plenamente em vigor.

A Associação Mutualista Montepio Geral, com mais de 600 mil associados, é o topo do grupo Montepio e tem como principal empresa subsidiária a Caixa Económica Montepio Geral, que desenvolve o negócio bancário.

Comentários ({{ total }})

Tomás Correia toma hoje posse como presidente da Associação Mutualista Montepio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião