Maioria democrata aprova medidas para acabar com shutdown

  • Lusa
  • 4 Janeiro 2019

A Câmara dos Representantes aprovou dois documentos de financiamento temporário que reabririam os serviços afetados, mas que não inclui fundos para o muro na fronteira.

A maioria democrata da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou na quinta-feira duas medidas para terminar com o impasse sobre o encerramento parcial de serviços do Governo federal norte-americano que dura há 13 dias.

No começo dos trabalhos do 116.º Congresso dos EUA, a Câmara aprovou dois documentos de financiamento temporário que reabririam os serviços afetados, com fundos para o controlo fronteiriço, mas que não inclui o financiamento para a construção do muro entre o México e os Estados Unidos.

Por essa razão, os documentos não deverão ser aprovados quando subirem ao Senado, controlado pelos republicanos.

Um dos textos garantiria até 30 de setembro os orçamentos para a maioria das administrações federais atingidas, enquanto o outro financiaria até 08 de fevereiro o orçamento da Segurança Interna – uma forma de ganhar tempo até se encontrar um compromisso na questão da fronteira.

“Esta votação é inútil e não fornece os meios de que necessitamos para garantir a nossa fronteira”, denunciaram os republicanos.

Os democratas dizem que são a favor do fortalecimento de algumas medidas de segurança, mas rejeitam firmemente a ideia de um muro que consideram “ineficaz” e “caro” demais.

Assim, 25% das administrações norte-americanas vão continuar paralisadas.

O encerramento parcial dos serviços nos Estados Unidos afeta agências de dez departamentos do executivo, incluindo Transporte e Justiça, bem como dezenas de parques nacionais, que geralmente são uma grande atração turística.

Esta situação também afeta 800.000 dos 2,1 milhões de trabalhadores federais, que não recebem ordenado enquanto o Governo permanecer fechado.

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tem agendada para esta sexta-feira uma reunião na Casa Branca com os líderes de ambos os partidos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Maioria democrata aprova medidas para acabar com shutdown

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião