Lisboa vai poder receber maior avião do mundo

  • ECO
  • 8 Janeiro 2019

Quarenta balcões de check-in, maior sistema de bagagens e mais 22 posições de estacionamento: assim será o novo aeroporto Humberto Delgado, depois da ampliação.

O plano para a ampliação do aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, vai transformá-lo: 40 balcões e check-in, maior sistema de bagagens e mais 22 posições de estacionamento o que pressupõe uma intensificação do investimento da ANA até 2028. Outra das novidades é que, com as alterações, seja possível que aeronaves como o A380 e o B747, dos maiores aviões de passageiros do mundo, aterrem em Lisboa.

O acordo entre a ANA e o Estado, adianta a edição do Jornal de Negócios [acesso condicionado] desta terça-feira, prevê um investimento que supera, pelo menos nesta fase, os encargos com o aeroporto do Montijo, sem contar com acessibilidades e compensações à Força Aérea.

O aeroporto de Lisboa verá fechada também a pista 17/35, que vai permitir aumentar o espaço para o parqueamento de aviões, e a ampliação do espaço de check-in, recolha de bagagens, mangas de embarque e desembarque e processamento de raio-x.

A ideia, reforça ainda a edição do jornal, é que as alterações reforcem a posição de “hub” do aeroporto.

Comentários ({{ total }})

Lisboa vai poder receber maior avião do mundo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião