Deputados forçam Theresa May a desenhar plano B para o Brexit. Tem três dias para o fazer

Os deputados britânicos aprovaram uma emenda que obriga o Governo de Theresa May a criar um plano B para o Brexit. Primeira-ministra tem três dias para o fazer.

O Parlamento britânico aprovou uma emenda processual que vai obrigar a primeira-ministra, Theresa May, a apresentar um segundo plano para o Brexit. A votação foi desencadeada por Dominic Grieve, antigo procurador-geral e membro do Partido Conservador, de acordo com o The Guardian.

Esta emenda processual dá um prazo de três dias a Theresa May para apresentar o chamado “Plano B” do Brexit, um plano alternativo que será implementado caso os deputados chumbem o acordo alcançado no final de 2018 com a Comissão Europeia. A votação do acordo está marcada para terça-feira e ninguém sabe ao certo qual vai ser o resultado.

May viu o seu poder ser reforçado no ano passado, ao vencer uma moção de censura contra o seu Governo apresentada por dezenas de deputados do próprio partido. Desde então, tem tentado convencer os britânicos de que a saída do Reino Unido da União Europeia, através do acordo assinado em Bruxelas, é a melhor forma de promover a vontade expressada pelos cidadãos no referendo de 2016. Mas os termos estão longe de ser consensuais.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Deputados forçam Theresa May a desenhar plano B para o Brexit. Tem três dias para o fazer

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião