Dona da Zara reduz encomendas a Portugal

  • ECO
  • 11 Janeiro 2019

Inditex, o grupo dono da Zara, tem reduzido as encomendas a fornecedores portugueses, situação que está a causar incerteza no setor têxtil.

A Inditex, dona da Zara, está a reduzir o volume das encomendas às fábricas portuguesas, situação que tem gerado incerteza no setor têxtil nacional. De acordo com a edição desta sexta-feira do Jornal de Negócios [acesso condicionado], a redução de encomendas do grupo espanhol está a preocupar os empresários do Vale do Ave. A notícia chegou, entretanto, também ao Ministério da Economia.

Não é segredo que a Inditex está a colocar progressivamente menos encomendas em Portugal“, explica Paulo Vaz, diretor-geral da associação empresarial do setor (ATP), citado pelo jornal, afirmando que a situação está a “pôr em dificuldades algumas empresas que tinham grande dependência, se não total”.

Em março de 2018, o CEO da Inditex Paulo Isla referiu que a Inditex estimava comprar anualmente cerca de 1.500 milhões de euros a fornecedores portugueses, cerca de 20% das compras totais de produtos. Há três anos, o grupo já trabalhava com 171 fornecedores portugueses, associados a 887 fábricas e a mais de 46 mil trabalhadores.

Comentários ({{ total }})

Dona da Zara reduz encomendas a Portugal

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião