Depois da Toys R Us, grupo português compra Maxi Toys

A portuguesa Green Swan está decidida a apostar no setor dos brinquedos. Meses depois de ter comprado a Toys R Us Ibérica, adquiriu agora a Maxi Toys à Blokker Holding.

Meses depois de ter comprado a Toys R Us em Portugal e Espanha, a Green Swan concluiu agora a aquisição da Maxi Toys, presente na Bélgica, França, Luxemburgo e Suíça. Com esta operação, o grupo português torna-se “um dos principais players” do mercado europeu, tendo intenções de se expandir para ainda mais países. O valor da aquisição não foi revelado e a transação está ainda “sujeita às necessárias aprovações e processos legais”.

A Grenn Swan adquiriu todas as atividades, lojas e operações logísticas da Maxi Toys, com a intenção de aumentar ainda mais a empresa e impulsionar o desenvolvimento e a inovação na indústria de brinquedos na Europa”, lê-se no comunicado enviado pela empresa liderada por Paulo Andrez. A Maxi Toys pertencia à Blokker Holding, que acabou por vender a sua parte por um valor que não será revelado, diz a empresa.

Maxy Toys

Com esta operação, a Green Swan vai expandir a sua presença para os mercados da Bélgica, França, Luxemburgo e Suíça, mas pretende continuar este processo de expansão da marca Maxi Toys, que conta atualmente com 1.100 funcionários.

“Com as nossas marcas de brinquedos em outros países europeus, especialmente com a Toys R Us em Espanha e em Portugal, estamos a conseguir revolucionar um turbulento mercado de brinquedos. Uma revolução que mostra que as lojas de brinquedos são muito mais do que apenas produtos e uma indústria para famílias e pessoas de todas as idades“, diz Paulo Andrez, CEO da Green Swan, citado em comunicado.

“Com a Maxi Toys, vemos um grande potencial para oferecer ao cliente, permitindo-lhe uma experiência pessoal ainda melhor, na loja, online e em combinações dos dois, adicionando Inovação, que é o driver da Green Swan”.

Independentemente desta compra, a Maxi Toys continuará a ser liderada por Alain Hellebaut, atual CEO. “A aquisição da Green Swan permitirá à
Maxi Toys avançar ainda mais ao longo do nosso caminho de crescimento multicanal no campo do marketing, gestão e experiência ao cliente. Dentro do novo grupo, a Maxi Toys terá a oportunidade de ser ainda mais desenvolvida enquanto marca internacional”, remata Hellebaut.

Esta compra do Grupo nacional acontece depois da compra da Toys R Us Ibéria no ano passado, após esta ter declarado falência. Na altura, a aquisição resultou num investimento de 80 milhões de euros.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Depois da Toys R Us, grupo português compra Maxi Toys

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião