Bitcliq fecha ronda de 600 mil euros. Indico lidera investimento

Startup criou mercado digital para pescado que tem como objetivo aproximar pescadores e compradores e usa tecnologia blockchain que permite rastrear espécies do mar à mesa.

Parte da equipa da Bitcliq, com sede nas Caldas da Rainha.D.R.

Do mar à mesa. A Bitcliq criou um mercado digital para pescado que quer aproximar pescadores e compradores. A ideia serviu de pitch perfeito à empresa, que acaba de fechar uma ronda de financiamento de 600 mil euros liderada pela portuguesa Indico, anunciou a gestora de capital de risco em comunicado. O investimento liderado pela Indico Capital Partners, conta ainda com a participação da LC Ventures e vai permitir à empresa concluir a implementação do primeiro marketplace global de peixe baseado em blockchain.

“Esperamos que este piloto seja rapidamente extensível a todo o país e, consequentemente, para os maiores portos de pesca na Europa. A forma como o peixe é comprado na Europa não se alterou significativamente nos últimos 30 anos. Esta plataforma vai seguramente acrescentar mais eficiência e mais transparência ao conectar os agentes de mercado”, diz Pedro Manuel, fundador e CEO da citado em comunicado.

Para Ricardo Torgal, general partner na Indico, “a Bitcliq é um exemplo de perseverança e de visão global. Não só estão a aumentar a eficiência do mercado, mas também a contribuir para a sustentabilidade das economias alimentar e dos oceanos“.

A empresa das Caldas da Rainha criou uma plataforma que junta frotas pesqueira e os seus clientes, e que permite, através da tecnologia blockchain, comprar peixe num mercado digital no momento em que é capturado no mar. Além disso, permite ainda rastrear o peixe desde o momento da captura até à mesa.

Fundada há três anos, a Bitcliq tem desenvolvido projetos de melhoria de eficiência operacional e de armazenagem de dados na cloud, com frotas de países de África, Ásia e Europa e já tem a plataforma operacional no principal porto português de Peniche. O marketplace piloto decorre em colaboração com a Docapesca, empresa grossista do Estado e entidade que garante a qualidade do peixe vendido em Portugal.

“A Bitcliq irá permitir uma relação diferente entre compradores e vendedores, ao mesmo tempo que garante a mais alta qualidade do produto e o cumprimento das regras da Política Comum das Pescas. Estamos contentes em sermos parceiros da equipa Bitcliq para a implementação total do mercado digital e que a equipa Bitcliq seja nossa parceira na primeira venda de pescado fresco (mercado primário)”, explica Teresa Coelho, presidente da Docapesca.

A solução da Bitcliq já foi distinguida com prémios internacionais como o Green Project Awards e o FLAD EY Buzz USA (uma iniciativa da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento e da Ernst & Young). A empresa portuguesa foi igualmente convidada para participar no Fish 2.0 Innovation Forum que decorreu na Universidade de Stanford.

O investimento na Bitcliq é o segundo anunciado pela Indico Capital Partners (depois da Sound Particles), fundo de capital de risco privado nacional lançado no início deste ano e que tem 46 milhões de euros sob gestão. O fundo está focado em investimento em startups tecnológicas, sobretudo em Portugal e Espanha e quer investir entre 150 mil e cinco milhões de euros por empresa (rondas pre-seed a série A e subsequentes) durante o seu período de vida de 10 anos.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

Bitcliq fecha ronda de 600 mil euros. Indico lidera investimento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião