Novo Banco quer mais de mil milhões do Fundo de Resolução

  • ECO
  • 8 Fevereiro 2019

Banco liderado por António Ramalho pretende injeção de valor recorde por parte do Fundo de Resolução.

Depois de 791,7 milhões de euros no ano passado, o Novo Banco quer ainda mais dinheiro do Fundo de Resolução. A instituição liderada por António Ramalho pretende uma injeção de valor recorde, acima da fasquia dos mil milhões de euros, revela o Jornal Económico (acesso condicionado).

O reforço, que visa permitir ao banco que resultou da resolução do BES em 2014 reforçar os seus rácios de capital, deverá ser anunciado em março, adianta o jornal sem revelar como obteve esta informação.

O montante a ser solicitado pelo Novo Banco é uma revisão em alta face à estimativa apresentada pela instituição em meados do ano. Nessa altura, António Ramalho apontava para uma soma que já ascendia a mais de 700 milhões.

“Em 30 de junho de 2018 está contabilizado, em outras reservas e resultados transitados, o valor apurado a essa data quanto ao montante a receber em 2019, ao abrigo do Mecanismo de Capital Contingente celebrado com o Fundo de Resolução, de 726.369 milhares de euros”, dizia o banco no relatório e contas do primeiro semestre.

Recorde-se que o Novo Banco fechou os primeiros seis meses com prejuízos de 231 milhões de euros, valor que aumentou para 420 milhões no final de setembro. Nos últimos meses do ano foram realizadas várias operações de venda de carteiras de imóveis, mas também de malparado, que terão agravado os resultados.

De acordo com o que ficou definido aquando da criação do chamado mecanismo de capital contingente foi acordado na venda de 75% do Novo Banco ao Lone Star, o valor máximo que pode ser injetado pelo Fundo de Resolução (que é da responsabilidade dos bancos) a cada ano é de 850 milhões de euros.

Comentários ({{ total }})

Novo Banco quer mais de mil milhões do Fundo de Resolução

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião