Bruxelas e Londres em “conversas construtivas” para tentar acordo do Brexit

  • Vasco Gandra, em Bruxelas
  • 20 Fevereiro 2019

Bruxelas e de Londres vão "continuar a explorar opções num espírito positivo". No entanto, reconhecem que o tempo para chegarem a um acordo está a esgotar-se.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, e a primeira-ministra britânica, Theresa May, estiveram reunidos em Bruxelas, tendo mantido “conversas construtivas” mas que ainda não permitiram encontrar uma solução para o Brexit, de forma a facilitar uma saída ordenada do Reino Unido da União Europeia.

As equipas negociais de Bruxelas e de Londres vão “continuar a explorar opções num espírito positivo”. Juncker e May comprometem-se a fazer novamente o ponto de situação nos próximos dias, até ao final de fevereiro, ao mesmo tempo que reconhecem que o prazo está a “apertar”.

Numa declaração escrita no final do encontro, os dois líderes reafirmaram que querem evitar uma fronteira física entre a República da Irlanda e a Irlanda do Norte.

A solução contemplada para esta fronteira, no Acordo de Saída alcançado entre a UE e Londres, foi a questão mais complicada durante as negociações e é atualmente rejeitada por muitos deputados na Câmara dos Comuns. Para o Reino Unido sair da UE de forma ordenada é necessário que os deputados britânicos ratifiquem o acordo antes da data prevista para o Brexit, a 29 de março.

Apesar de a UE rejeitar reabrir as negociações, Theresa May pretende alterações vinculativas no capítulo sobre a fronteira entre as Irlandas por forma a evitar prolongar indefinidamente a solução prevista — o designado “backstop” que obriga o Reino Unido a ficar numa união aduaneira com a UE e a Irlanda do Norte sujeita a certas regras do mercado único, até estar concluído um acordo sobre a futura relação comercial entre os 27 e Londres. Muitos deputados na Câmara dos Comuns pretendem cortar todas as amarras à UE e rejeitam esta solução.

A primeira-ministra considera que as alterações podem facilitar a aprovação no parlamento britânico do Acordo negociado entre Bruxelas e Londres.

Durante o encontro os dois líderes discutiram o tipo de garantias que podem ser dadas em relação à fronteira entre as Irlandas, as alternativas que podem ser encontradas para substituir o “backstop” e as alterações que podem ser introduzidas à Declaração Política sobre a futura relação entre Londres e Bruxelas. As equipas negociais vão prosseguir as conversas nos próximos dias.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bruxelas e Londres em “conversas construtivas” para tentar acordo do Brexit

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião