Mais de 219 mil pessoas receberam RSI em janeiro. É o valor mais alto dos últimos três meses

  • Lusa
  • 26 Fevereiro 2019

Em janeiro, mais de 219 mil pessoas receberam o RSI, o que confirma a tendência de crescimento em relação ao passado mês de dezembro, mas comparativamente com o último ano.

Mais de 219 mil pessoas receberam o Rendimento Social de Inserção (RSI) em janeiro. Este número traduz-se no valor mais elevado dos últimos três meses, confirmando a tendência de crescimento em relação ao mês de dezembro, mas também do último ano.

De acordo com os dados mais recentes do Instituto de Segurança Social (ISS), no final do mês de janeiro havia 219.194 pessoas a receber esta prestação social, mais 195 do que em dezembro do ano passado e mais 776 do que em janeiro de 2018.

Este é o valor mais elevado dos últimos três meses, depois de em outubro haver registo de 218.683 beneficiários, número que aumentou para 218.498 em novembro e chegou aos 218.999 em dezembro.

Entre as famílias, no entanto, a evolução foi diferente, já que o mês de janeiro terminou com 100.553 agregados, o que significou menos 362 do que em dezembro, ainda que mais 218 do que em janeiro de 2018.

De acordo com os dados do ISS, a maior parte dos beneficiários residem no Porto (62.735), Lisboa (40.288) e Setúbal (20.633), à semelhança das famílias, que também estão sobretudo concentradas no Porto (30.216), Lisboa (18.339) e Setúbal (9.137).

Em janeiro, o valor médio por beneficiário foi de 117,64 euros, enquanto nas famílias chegou aos 263,25 euros.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Mais de 219 mil pessoas receberam RSI em janeiro. É o valor mais alto dos últimos três meses

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião