Já são 5.929 os motoristas das plataformas eletrónicas com certificado

A partir de 1 de março, todos os motoristas são obrigados a ter um certificado emitido pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes. Dos quase 8.000 inscritos, quase 6.000 já têm certificação.

O número de pedidos a dar entrada no Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) para obter o certificado que habilita a condução de veículos das plataformas eletrónicas está a subir exponencialmente. Um dia antes de passar a ser obrigatório ter este documento, já há quase 6.000 motoristas com o certificado emitido. Só num dia este número aumentou em quase 1.000 pedidos.

De acordo com dados do IMT, disponibilizados ao ECO, existiam até esta quinta-feira, 28 de fevereiro, um total de 6.262 pedidos de certificação por parte de motoristas. Destes, “5.929 foram deferidos, com guia emitida ou com cartão definitivo que lhes permite exercer a atividade, e os restantes encontram-se em análise“, referiu a entidade responsável pela emissão desse certificado.

Este número compara com o de motoristas que se inscreveram nos cursos. “Estavam inscritos nos cursos/ações de formação que decorreram até ao dia 28 de fevereiro inclusive, 8.244 formandos”, refere o IMT, acrescentando que existem um total de “388 cursos/ações de formação rodoviária para emissão de certificado de motorista de transporte individual e remunerado de passageiros em veículos descaracterizados a partir de plataforma eletrónica (CMTVDE)”.

A Lei da Uber, como ficou conhecida, entrou em vigor a 1 de novembro, tendo ficado estipulado um prazo de quatro meses para que os motoristas obtivessem a formação exigida. Esse prazo termina esta quinta-feira, 28 de fevereiro, estando os motoristas obrigados a ter esse curso a 1 de março para poderem continuar a conduzir estes veículos.

Quem não tiver certificado fica impedido de exercer a atividade, sendo essa uma realidade tanto para os motoristas como para os operadores. O IMT revela que foram feitos 3.434 pedidos de certificação de operadores “dos quais 3.161 foram deferidos e os restantes encontram-se em análise”. Quanto a plataformas, Chauffeur Privée (Kapten), Taxify, Cabify e Uber já têm certificado.

Comentários ({{ total }})

Já são 5.929 os motoristas das plataformas eletrónicas com certificado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião