5 coisas que vão marcar o dia

Arranca o prazo para a entrega das declarações de IRS, no mesmo dia em que em Lisboa e Porto se começa a usar o novo passe social único, com preços mais acessíveis.

Já pode entregar a sua declaração de IRS. O prazo começa hoje e termina no final de junho. Se vive na região de Lisboa, ou na Área Metropolitana do Porto, e usa os transportes públicos, é hoje que entram em vigor os novos passes sociais, com preços mais acessíveis.

Já pode entregar a declaração de IRS

Começa hoje o prazo para a entrega das declarações de IRS. O prazo é único para todos os contribuintes e decorre até 30 de junho. O Governo espera demorar 11 dias para fazer o reembolso, sendo que, este ano, o prazo para as devoluções acaba no final de agosto. Mais uma vez, muitos contribuintes vão poder beneficiar do preenchimento automático dos documentos. Este ano, a funcionalidade foi alargada a contribuintes com aplicações em PPR.

Passe único entra em vigor

Os novos passes da Área Metropolitana de Lisboa e do Porto entram em vigor esta segunda-feira. Os passes são mensais, o que significa que são válidos até ao fim do mês e não durante 30 dias seguidos, como acontecia até aqui. O passe único é válido para todos os concelhos das regiões (incluindo Lisboa/Porto) custa 30 euros. O passe único válido para todos os transportes da Grande Lisboa e Grande Porto vale 40 euros.

Preço da gasolina volta a subir

O custo por litro da gasolina volta a aumentar esta segunda-feira, dia em que a maioria das gasolineiras deverá atualizar os preçários em função da variação do preço do petróleo e da cotação do euro nos mercados internacionais. A gasolina vai ficar três cêntimos mais cara, para um preço médio em torno dos 1,516 euros por litro, o valor mais alto desde a segunda semana de novembro. O preço do gasóleo, o combustível mais usado no país, não deverá mudar.

Eurostat atualiza dados do emprego

O gabinete oficial de estatística da União Europeia (UE) vai atualizar esta segunda-feira a taxa de desemprego da Zona Euro relativa a fevereiro. Em janeiro deste ano, a taxa fixou-se em 7,8%, enquanto a taxa de desemprego média dos 28 Estados-membros da UE foi de 6,5%, o valor mais baixo desde janeiro de 2000, altura em que estes dados começaram a ser publicados.

Como evolui a inflação na Zona Euro?

O Eurostat atualiza também a estimativa rápida da taxa anual de inflação na Zona Euro relativa a março. Em fevereiro, a taxa foi de 1,5%, uma subida de 0,1 pontos percentuais em relação a janeiro. Numa altura em que o BCE já dá sinais de não querer voltar a subir os juros, os dados da inflação poderão servir de base ao discurso do banco central, face ao cenário de abrandamento da economia global que tem vindo a ser antecipado e que tem levado também a Fed, nos EUA, a emitir sinais de que também não tenciona mexer na taxa diretora.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião