EDP Renováveis pesa em Lisboa. Ações europeias em alta

A bolsa de Lisboa regista perdas ligeiras num dia em que as ações europeias voltam a valorizar, face às perspetivas de um corte nos juros norte-americanos por parte da Fed.

A bolsa de Lisboa abriu em queda num dia em que as principais praças europeias seguem em contraciclo e registam ganhos ligeiros. O índice nacional está a ser penalizado pela desvalorização dos títulos da EDP Renováveis.

Enquanto o benchmark europeu Stoxx 600 avança 0,2%, o português PSI-20 recua 0,10%, para 5.168,28 pontos. A empresa de energia “limpa” pesa no principal índice bolsista nacional com uma desvalorização de 1,76%. Face à queda, as ações estão a cotar agora em 8,94 euros. A Corticeira Amorim também contribui para a desvalorização da praça portuguesa com um recuo de 1,18%, para 10,06 euros.

Em sentido inverso, as ações dos setores da banca, postal e petróleo estão a travar a queda e a puxar pelo índice. O BCP avança 0,70%, para 25,97 cêntimos. Os CTT somam 0,79%, para 2,31 euros. Já a petrolífera Galp Energia soma 0,29%, com os títulos a cotarem em 13,74 euros, numa altura em que o preço do petróleo, oficialmente em bear market, recupera 0,35% em Londres, para 62,51 dólares o barril.

Apesar das perdas que se estão a verificar em Lisboa, os receios em torno do abrandamento da economia mundial estão a ser ofuscados pelas perspetivas de um corte nos juros por parte da Reserva Federal norte-americana, perspetiva que ajudou as ações mundiais na semana passada, levando a bolsa portuguesa à melhor semana desde o início de abril e a primeira de ganhos após cinco sessões consecutivas de perdas.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

EDP Renováveis pesa em Lisboa. Ações europeias em alta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião