Ministério corrige secretária de Estado. Afinal, “o Governo não culpa os cidadãos” pelos atrasos nos CC

  • ECO
  • 24 Junho 2019

Depois de a secretária de Estado ter criticado os utentes que vão para as lojas do cidadão antes de abrirem, o Ministério da Justiça veio esclarecer que o Governo não culpa os cidadãos pelos atrasos.

Depois de a secretária de Estado da Justiça ter apontado o dedo aos utentes das lojas do cidadão que vão para a portas dos serviços ainda antes de estes abrirem, dizendo que essa é uma das razões que justifica os atrasos nos serviços de renovação dos Cartões de Cidadão (CC), o Ministério da Justiça veio emendar a afirmação de Anabela Pedroso.

Segundo o Ministério da Justiça, o objetivo nunca foi culpar os cidadãos pelos atrasos, avança o jornal i. Além disso, a tutela assume as suas responsabilidades pela falta de capacidade de reposta dos serviços.

“O Governo reconhece que existiu nos últimos meses um problema de capacidade de resposta nos serviços de atendimento do Cartão de Cidadão. De forma a solucionar esta situação rapidamente, desenvolveu um conjunto de medidas. Na sequência de várias notícias publicadas na imprensa relativas à resposta que o Ministério da Justiça enviou ao Grupo Parlamentar PEV, importa esclarecer que o Governo não culpa os Cidadãos e assume as suas responsabilidades“, refere a nota do Ministério da Justiça.

Uma fonte oficial confirmou ao i que a posição que consta neste novo esclarecimento do Ministério “vincula todos os membros desta área governativa, ministra e secretárias de Estado”.

Ainda assim, Anabela Pedroso foi clara nas suas declarações: “Não se pode deixar de dar nota que os atrasos também são o resultado de um fenómeno próprio e específico da procura que tem a ver com o facto de a generalidade dos cidadãos optar, sistematicamente, por se dirigir aos mesmos serviços, à mesma hora – antes da abertura do atendimento ao público”, lê-se na carta remetida ao Parlamento na passada semana.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ministério corrige secretária de Estado. Afinal, “o Governo não culpa os cidadãos” pelos atrasos nos CC

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião