Apple Pay já chegou a Portugal. Saiba que bancos têm o serviço

A Apple lançou o serviço Apple Pay em Portugal através da MasterCard e da Visa. Para já, só um banco tradicional suporta o serviço. Os restantes são bancos digitais.

O serviço Apple Pay chegou a Portugal esta quarta-feira e permite pagar coisas com o iPhone.

O serviço Apple Pay chegou oficialmente a Portugal esta quarta-feira e vai permitir aos utilizadores fazerem pagamentos com o iPhone, entre outros dispositivos da marca. O lançamento em Portugal foi coordenado pela MasterCard e vai estar disponível através da app do Crédito Agrícola e dos bancos digitais Revolut, N26 e Monese.

Já se sabia que a Apple estava a preparar o lançamento do serviço de pagamentos em Portugal em conjunto com alguns destes serviços, mas só esta quarta-feira é que algumas destas empresas anunciaram oficialmente a chegada da funcionalidade a Portugal. A MasterCard já confirmou a informação, em comunicado, e a Visa também anunciou que vai dar suporte aos utilizadores que queiram usar Apple Pay — mas, para já, só através da aplicação da Revolut.

“Graças ao Apple Pay, os clientes podem fazer as suas compras em lojas, apps ou websites através do iPhone, Apple Watch, iPad ou Mac. O Apple Pay passa agora a estar disponível aos detentores de cartões MasterCard em Portugal, Bulgária, Croácia, Chipre, Estónia, Grécia, Letónia, Liechtenstein, Lituânia, Malta, Roménia, Eslováquia e Eslovénia”, informa a MasterCard.

Segundo a empresa de pagamentos, “com um iPhone e um Apple Watch, os consumidores podem pagar com o Apple Pay em lojas, restaurantes, táxis, vending machines e em muitos mais lugares”. “Cada compra com o Apple Pay é autenticada com um simples deslizar do dedo ou um simples olhar para o dispositivo, através do Face ID [reconhecimento facial] ou do Touch ID [impressão digital], ou, então, através da password ou do pin do equipamento”, refere a empresa.

O banco digital N26, com sede na Alemanha, foi o primeiro a anunciar que ia disponibilizar o Apple Pay em Portugal. Mas cedo se percebeu que não seria o único.

Por sua vez, a Visa informou que dará suporte “primeiramente” à Revolut e lembrou que “o Apple Pay funciona no mesmo sistema contactless que os consumidores já utilizam quando aproximam os seus cartões de débito ou crédito” dos terminais.

O banco N26 também já confirmou o lançamento do serviço em 19 mercados europeus, incluindo o português. “A expansão do Apple Pay no N26 a mais clientes é mais um marco estratégico na missão de simplificar a banca e de ser a principal ferramenta dos clientes para as decisões financeiras do dia-a-dia”, refere a empresa alemã, numa nota enviada ao ECO.

“O Apple Pay é fácil de configurar e os utilizadores continuarão a receber todos os benefícios e regalias oferecidos pelos seus cartões de crédito e débito”, garante o N26. Em abril, a empresa explicou ao ECO que o serviço estaria disponível “para utilizadores que receberam o cartão [do banco N26] em Portugal e que têm a localização definida como Portugal no iPhone”.

No caso do Crédito Agrícola, o banco português revelou em meados de abril que também iria disponibilizar o Apple Pay em Portugal. “A associação dos cartões do Crédito Agrícola ao Apple Pay é efetuada através do serviço CA Mobile. Quando um cartão de crédito ou débito é utilizado com o Apple Pay, os números reais dos cartões não são armazenados no dispositivo nem nos servidores da Apple. Em vez disso, um número de conta de dispositivo exclusivo é atribuído, criptografado e armazenado de forma segura no dispositivo. Cada transação é autorizada com um código de segurança dinâmico e único”, explicou a empresa.

A Revolut também já confirmou o lançamento do Apple Pay em Portugal.

Questionada pelo ECO, fonte oficial da Revolut também confirmou que lançou esta quarta-feira o Apple Pay em Portugal. “Os clientes da Revolut já podem adicionar os seus cartões ao Apple Pay através da aplicação da Revolut ou da Wallet. Além disso, os clientes com cartão físico poderão adicioná-lo como cartão virtual ao Apple Wallet de forma simples”, indicou.

A Monese confirmou igualmente a informação e salienta que presta, a partir de agora, suporte ao Apple Pay em 27 países europeus, contando com os lançamentos desta quarta-feira em diversos mercados, incluindo em Portugal.

(Notícia atualizada às 13h27 com informação de que a Visa também dará suporte ao Apple Pay, mas só para utilizadores da Revolut)

Comentários ({{ total }})

Apple Pay já chegou a Portugal. Saiba que bancos têm o serviço

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião