BCP dá brilho a Lisboa em dia morno na Europa

Num dia de poucas alterações nas bolsas europeias, marcado pela menor liquidez devido ao feriado nos EUA, Lisboa destacou-se graças a uma subida de 2% nas ações do BCP.

As bolsas europeias fecharam com poucas alterações num dia em que a valorização expressiva do BCP deu brilho à bolsa portuguesa. Só a EDP impediu ganhos superiores numa sessão em que a maioria das cotadas fechou a valorizar.

Enquanto o Stoxx 600 subiu 0,08%, os índices francês, italiano, espanhol e britânico fecharam com subidas na casa das centésimas. O alemão valorizou 0,12%, mas foi mesmo o português PSI-20 a destacar-se entre as pares europeias, com uma subida de 0,56%, para 5.210,07 pontos, impulsionada pelos ganhos na banca.

A maior valorização em Lisboa deve-se, em grande parte, à subida de 2% do preço dos títulos do BCP, para 28,61 cêntimos. O bom desempenho esteve relacionado com uma onda de research positiva para o banco, que aguçou o apetite dos investidores pelas ações da empresa liderada por Miguel Maya.

Também a EDP Renováveis contribuiu para a subida do índice ao valorizar 1,88%, para 9,20 euros. Mas os ganhos acabaram por ser travados pela queda de 1,07% das ações da EDP, que fecharam a valer 3,409 euros.

A sessão foi condicionada pela menor liquidez perante o feriado do Dia da Independência nos EUA. Esta quinta-feira, as bolsas norte-americanas permaneceram encerradas.

Comentários ({{ total }})

BCP dá brilho a Lisboa em dia morno na Europa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião