Robô da Bershka dá dicas de compras, beleza e sustentabilidade

  • Ricardo Vieira
  • 5 Julho 2019

O chatbot desenvolvido pela Elife fala inglês e espanhol e está disponível em 15 países, através do Messenger do Facebook.

Ainda não fala português mas é já o mais recente shop assistant ou beauty adviser, pelo menos no Messenger do Facebook. Assim que entra na página da Bershka no facebook, este assistente que sabe o seu nome está pronto para o guiar pela loja, ou melhor, por uma nova experiência de consumo.

O trabalho foi desenvolvido pela Elife – responsável pelos chatbots da Super Bock, IKEA e Continente – que trabalhou o desenvolvimento da tecnologia para o mercado global, atualmente disponível em 15 países e dois idiomas: inglês e espanhol.

Nesta conversa entre utilizador e bot é possível que passe a receber atualizações no feed com notícias sobre produtos das categorias que mais lhe interessam e de acordo com o país em que se encontra.

No bot há ainda um menu de FAQ’s, com dúvidas frequentes sobre compra online ou localização das lojas, bem como jogos que mantêm o consumidor a “conversar” com a marca, explica a empresa em comunicado. A plataforma disponibiliza ainda concursos como o #bershkastyle, que garantem prémios e convidam os utilizadores a interagir em outras redes sociais da marca. “Já a cada duas ou três semanas, a marca vai colocar em destaque um influenciador ou uma celebridade com quem mantêm uma relação próxima para divulgação das preferências de estilo e dicas de moda e beleza”, referem em informação à imprensa.

Além disso, através da plataforma os consumidores têm a possibilidade de explorar o Join Life, através de dicas de como cuidar da roupa e com informações sobre o programa de sustentabilidade de recolha de roupa usada.

Os chatbots “apresentam-se como programas que conseguem entender as solicitações dos humanos e responder em real time, durante 24 horas todos os dias. Isto permite uma maior proximidade com o público-alvo e, assim, criar mais engagement com os consumidores, bem como fidelizar o cliente no exato momento de tomada de decisão ou no momento de procura de uma determinada informação”.

Num universo com 300 mil bots em 200 países, 80% das empresas quer integrar a mesma tecnologia nas suas páginas até 2020. Prevê-se que, em 2024, o mercado dos bots seja avaliado em 994,5 milhões de dólares.

Comentários ({{ total }})

Robô da Bershka dá dicas de compras, beleza e sustentabilidade

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião