Pingo Doce junta-se à Takeaway e entrega refeições em Lisboa

Empresa que trabalha de bicicleta ou motas elétricas passa a colaborar com o Pingo Doce na entrega de refeições ao domicílio. Serviço está apenas disponível perto das lojas de Telheiras e Picoas.

O Pingo Doce juntou-se à Takeaway.com para entregar refeições ao domicílio na região de Lisboa, anunciaram as duas empresas em comunicado. O serviço será prestado sem taxa de entrega e, numa fase inicial, as entregas de refeições estão disponíveis num raio de 2,5 Km das lojas do supermercado de Telheiras e da rua Tomás Ribeiro (as entregas serão feitas a partir dos restaurantes Pingo Doce dessas lojas).

“Com este serviço, procuramos responder às mais recentes tendências da restauração, oferecendo um serviço inovador no mercado da distribuição alimentar”, esclarece João Freitas, diretor da área de negócio de meal solutions do Pingo Doce.

A ideia é que o serviço seja depois alargado a outras zonas da cidade. A parceria com a empresa que usa apenas bicicletas e motas elétricas no serviço de transporte de refeições permite fazer encomendas de uma oferta que vai desde comida tradicional portuguesa, como arroz de pato ou bacalhau espiritual, a grelhados, frango assado ou sushi, através da aplicação ou do site da Takeaway.com.

“Acreditamos que os clientes do Pingo Doce vão valorizar a entrega das suas refeições favoritas, de uma maneira ecológica e sustentável”, acrescenta António Barradas, diretor de vendas da Takeaway.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Pingo Doce junta-se à Takeaway e entrega refeições em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião