📜 Esta é a lista dos grandes devedores da banca. Não há nomes, mas há perdas de muitos milhares de milhões

O Banco de Portugal já divulgou a lista dos grandes devedores em incumprimento nos bancos que pediram ajuda pública nos últimos 12 anos. Confira aqui a lista.

O Banco de Portugal já divulgou a lista dos grandes devedores em incumprimento nos bancos que pediram ajuda pública nos últimos 12 anos. Em causa estão os grandes clientes faltosos da Caixa Geral de Depósitos (CGD), BES/Novo Banco, Banif, BPN, BCP e BPI, bancos que desde 2007 já foram apoiados em 24 mil milhões de euros com fundos públicos.

O Parlamento queria saber por que razão estes bancos precisaram de ajuda dos contribuintes. Neste sentido, pediu ao Banco de Portugal para divulgar um relatório com o “resumo sob a forma agregada e anonimizada da informação relevante relativa às grandes posições financeiras”, tal como prevê a Lei n.º 15/2019 relativa à transparência bancária.

Neste documento, publicado no site do Banco de Portugal, é possível ver, por banco, mas também pelo momento da injeção pública, os valores das perdas que cada uma dos grandes clientes provocou nas diferentes instituições financeiras. Esses grandes devedores estão identificados por um código numérico, sendo esse o mesmo nos vários bancos.

Veja aqui a lista:

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

📜 Esta é a lista dos grandes devedores da banca. Não há nomes, mas há perdas de muitos milhares de milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião