Boeing e Facebook perdem mais de 1% e penalizam Wall Street

As bolsas dos Estados Unidos estão em queda, penalizadas pelos resultados da Boeing e pela investigação aberta contra vários gigantes tecnológicos. Multa ao Facebook também abalou mercados.

Naquela que deveria ser uma semana de ganhos, devido à apresentação de resultados, as bolsas de Nova Iorque estão esta sessão em queda. A contribuir para a tendência de perdas está a investigação anticoncorrencial anunciada pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos ao setor tecnológico. Destaque ainda para a Boeing, que perdeu mais de 700 milhões de euros no primeiro semestre, e para a multa aplicada ao Facebook, que desanimou os investidores.

O índice de referência S&P 500 está a desvalorizar 0,27% para 2.997,40 pontos, enquanto o industrial Dow Jones cai 0,37% para 27.247,66 pontos. O tecnológico Nasdaq está a acompanhar a tendência ao perder 0,23% para 8.232,36 pontos.

Os Estados Unidos abriram uma investigação às práticas comerciais de várias empresas tecnológicas, em relação às quais existem suspeitas de várias ilegalidades. Em comunicado, o Departamento de Justiça norte-americano referiu que está a investigar o crescimento destes gigantes no mercado internacional e se esse crescimento envolveu “práticas que prejudicaram a concorrência, impediram a inovação e prejudicaram os consumidores”.

Este anúncio foi o suficiente para provocar uma queda nos mercados e, embora não tenham sido adiantados nomes concretos, tudo indica que se trate do Facebook, Amazon e Alphabet, diz a Reuters (conteúdo em inglês).

O Facebook vai apresentar esta quarta-feira os resultados dos primeiros seis meses do ano, mas já está a ser penalizado em bolsa, principalmente depois de ter sido condenado ao pagamento de uma multa de cinco mil milhões de dólares (4,47 mil milhões de euros), encerrando a investigação que tem vindo a decorrer há anos sobre as práticas da empresa relacionadas com a proteção de dados. As ações estão a cair 1,55% para 199,16 dólares.

Outro ponto que desanimou os investidores foram os resultados da Boeing. A empresa anunciou que perdeu 793 milhões de dólares (711,6 milhões de euros) na primeira metade do ano, marcada pela imobilização dos aviões Boeing 737 MAX, envolvidos em acidentes na Indonésia e na Etiópia. As ações da empresa estão a desvalorizar 1,4% para 367,62 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Boeing e Facebook perdem mais de 1% e penalizam Wall Street

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião