Dona da cerveja Sagres compra Água Castello

  • Lusa
  • 5 Agosto 2019

A aquisição foi feita a um grupo de investidores liderado pela Capital Criativo e envolveu a totalidade da Mineraqua Portugal, que detém a concessão e a marca Água Castello, por um valor não revelado.

A Sociedade Central de Cervejas e Bebidas anunciou esta segunda-feira que adquiriu, a um grupo de investidores privados liderado pela Capital Criativo, a totalidade da Mineraqua Portugal, que detém a concessão e a marca Água Castello, por um valor não revelado.

Em comunicado, a dona da cerveja Sagres salienta que “a aquisição da concessão e da marca Água Castello fortalece a presença da Central de Cervejas no mercado das águas minerais naturais em Portugal, reforçando um portefólio que já integra a Água de Luso e Água do Cruzeiro”.

A Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, que conta no seu grupo com a Novadis, Sociedade de Água de Luso e a Hoppy House Brewing, reforça a sua presença no mercado de águas ao comprar a dona da concessão e a marca Água Castello, “uma marca centenária de água mineral natural gaseificada, histórica e de referência no mercado nacional”.

A marca de água gaseificada “vendeu cerca de cinco milhões de litros em 2018, o que representa uma quota de cerca de 7% em volume do mercado das águas com gás em Portugal, segundo os dados da AC Nielsen”, refere a empresa.

A Água Castello tem a sua unidade de enchimento em Pisões, Moura, no Alentejo, “ecossistema que confere características únicas e diferenciadas a esta água mineral natural gaseificada”, acrescenta.

Questionado sobre o montante envolvido, fonte oficial disse que a empresa não faz a divulgação do número.

A integração da Mineraqua no grupo SCC tem “efeitos a 01 de agosto”.

Na Água Castello laboram 23 pessoas, de acordo com a dona da Sagres.

Comentários ({{ total }})

Dona da cerveja Sagres compra Água Castello

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião