Novabase propõe prémios aos colaboradores com base no desempenho das ações

  • Lusa
  • 7 Agosto 2019

Empresa tecnológica vai propor aos acionistas um plano de médio ou longo prazo de atribuição de uma remuneração variável a administradores e colaboradores com base no desempenho das ações da empresa

A tecnológica Novabase vai propor, na assembleia-geral do dia 26 de setembro, “um plano de médio ou longo prazo de atribuição de uma remuneração variável” a administradores e colaboradores com base no desempenho das ações da empresa.

Num conjunto de comunicados enviados à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), nos quais a Novabase detalha cada um dos pontos da assembleia-geral, a empresa justifica que a possível “implementação de um plano desta natureza, destinado aos membros do Conselho de Administração da sociedade e a colaboradores da Novabase ou de outras sociedades do grupo Novabase, afigura-se como uma forma de remuneração que permite fidelizar os colaboradores quer da sociedade quer do grupo”, bem como “estimular a sua capacidade criativa e produtividade”.

A empresa acredita ainda que esta estratégia poderá “favorecer a manutenção e/ou contratação de quadros dirigentes e trabalhadores de elevado potencial e valor estratégico, fomentando os resultados empresariais”, segundo o mesmo documento.

Na assembleia-geral de setembro, a Novabase irá ainda propor uma redução de capital, seguida de aumento do mesmo (operação harmónio), anunciou a empresa.

A operação de redução de capital, de 15,7 milhões de euros para 11,3 milhões de euros, tem como objetivo a “libertação de excesso de capital, a efetuar através da redução do valor nominal da totalidade das ações representativas do capital” de 50 cêntimos para 36 cêntimos, adiantou o grupo.

Em seguida, a empresa propõe aos acionistas levar a cabo um aumento de capital, de 11,3 milhões de euros para 54,6 milhões de euros, por incorporação de 43,3 milhões de euros “da reserva de prémios de emissão, mediante o aumento do valor nominal da totalidade das ações representativas do capital social no valor de 1,38 euros”, passando cada título a ter um preço de 1,74 euros, segundo o grupo.

A assembleia-geral irá ainda deliberar sobre um programa de recompra de ações próprias, a eleição de um novo membro para o Conselho de Administração, o balanço intercalar de 30 de julho deste ano e a proposta de distribuição de reservas e resultados acumulados.

Em julho, a Novabase anunciou que tinha registado 1,6 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 16,2% do que em igual período do ano anterior.

De acordo com a informação remetida à CMVM, no período de referência, o resultado antes de impostos, juros, amortizações e depreciações (EBITDA) fixou-se em quase cinco milhões de euros (4,98 milhões de euros), o equivalente a uma subida homóloga de 52,5%.

O volume de negócios da empresa que se dedica às tecnologias da informação avançou 8,2% para 74,7 milhões de euros.

Comentários ({{ total }})

Novabase propõe prémios aos colaboradores com base no desempenho das ações

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião