De Lisboa ao Porto, até onde chegamos com 15 litros de combustível? Fomos fazer as contas

Três automóveis diferentes e um percurso do ECO em Lisboa à nossa redação no Porto. Onde nos levam os 15 litros de combustível que é possível abastecer nos postos da rede de emergência? Fomos simular.

Os portugueses vão poder abastecer com um máximo de 15 litros de combustível de cada vez que passem por uma bomba da Rede de Emergência de Postos de Abastecimento (REPA). Uma medida excecional que surge para mitigar o impacto da greve dos motoristas que transportam matérias perigosas, com início previsto para segunda-feira.

Mas até onde é possível conduzir com 15 litros no depósito? Depende do tipo de automóvel e do tipo de combustível que usa. Por isso, o ECO foi fazer as contas, com base nos três automóveis mais vendidos em Portugal no primeiro semestre, e um percurso que começa na redação do ECO em Lisboa e deveria terminar na nossa redação no Porto.

Como tal, simulámos uma viagem pela A1 com os seguintes automóveis: Fiat Panda a gasolina, Renault Captur a gasolina e Mercedes-Benz Classe A a gasóleo — respetivamente, os automóveis mais vendidos no último semestre nas categorias “citadino”, “utilitário” e “familiar”, segundo dados cedidos pela Associação do Comércio Automóvel de Portugal (ACAP).

Comecemos pelo Fiat Panda. No nosso teste, usámos as características do modelo mais recente: 1.2 l 69 CV a gasolina. Com um consumo combinado de 5,8 litros, 15 litros permitem, em teoria, percorrer a distância de 257 quilómetros. Dá para ir ao Porto? A resposta é não. Na melhor das hipóteses, em termos teóricos, conseguiria ir até Oliveirinha, uma localidade do concelho de Aveiro.

No caso do Renault Captur, a distância que 15 litros de gasolina permitem fazer é ligeiramente superior. Tendo como base os valores indicativos da marca para o modelo 0,9 TCe Zen deste ano e um consumo médio combinado de 5,4 litros, conseguiria conduzir por 275 quilómetros com apenas 15 litros no depósito. Chega para ir ao Porto? Também não. Ficaria sem combustível perto de Salreu, freguesia do concelho de Estarreja.

No caso do Mercedes-Benz Classe A, as contas são diferentes. O modelo 180 d é um automóvel a gasóleo, com um consumo médio combinado de 4,1 litros, o que lhe permitiria deslocar-se ao longo de 365 quilómetros. Sim, dá perfeitamente para ir de Lisboa ao Porto. Em teoria, na verdade, conseguiria ir até Oliveira Santa Maria, uma freguesia do concelho de Vila Nova de Famalicão.

Até que localidade podemos ir com 15 litros de combustível?

Estes são apenas valores indicativos, com base em simulações do ECO assentes nos valores de referência das marcas. Em todos os casos, se tiver a sorte de encontrar uma bomba com combustível e que não faça parte da REPA, poderá abastecer com até 25 litros. São 10 litros a mais do que o máximo permitido na rede de emergência, que poderão fazer a diferença numa viagem mais longa.

Comentários ({{ total }})

De Lisboa ao Porto, até onde chegamos com 15 litros de combustível? Fomos fazer as contas

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião