Portuguesa Infraspeak é uma das 100 melhores empresas para trabalhar, diz a Escape the City

Os trabalhadores da Infraspeak votaram e colocaram a startup no top 100 das melhores empresas para trabalhar, pela Escape the City, que vai ajudar a aumentar a visibilidade no mercado britânico.

A tecnológica portuense de software de gestão de manutenção integrou o ranking das 100 melhores empresas para trabalhar em todo o mundo (100 companies to to escape to), do motor de busca de ofertas de trabalho Escape The City, no Reino Unido. A candidatura, feita em março, contou com a votação de toda a equipa da Infraspeak em critérios como a “Missão, Impacto, Inovação, Cultura do Local de Trabalho, Ambiente e B-Corp Status“.

Com esta distinção, a Escape the City vai ajudar a dar visibilidade à startup no mercado britânico. “Mais do que um prémio para a empresa, é um prémio que valida a cultura da empresa, o ambiente de trabalho, a dinâmica, os processos que temos colocado dentro de portas”, garante o CEO, Felipe Ávila da Costa. “Esta visibilidade será super útil para continuarmos a crescer a equipa com a qualidade que temos tido até agora”, sublinha.

A Infraspeak tem sido distinguida pela sua missão e cultural empresarial. “Acima de tudo, o que conta é o dia-a-dia, as pessoas sentirem-se desafiadas e apoiadas ao mesmo tempo. Somos muito seletivos no recrutamento. Se não encontrarmos a pessoa certa para a vaga, preferimos manter a vaga aberta até a encontrar”, garante Felipe. “Hoje em dia, mais do que onde é que eu trabalho, faz sentido as pessoas pensarem “com quem é que eu trabalho”, sublinha.

O segredo está em ter pessoas felizes no local de trabalho e em “celebrar cada vitória com a equipa, explica o CEO. “Por cada cliente que fechamos, juntamos a equipa e abrimos uma cerveja artesanal para falar sobre esse cliente”. “Quando fechamos uma ronda de investimento atribuímos um bónus às pessoas para partilhar esse processo”, revela.

A startup portuguesa tem vindo a merecer várias distinções ao longo deste ano. Em fevereiro deste ano, conquistou o lugar entre os 15 finalistas do programa Rising Startup Spain, que permitiu à tecnológica estabelecer-se no mercado espanhol. No mesmo mês, também ficou entre as melhores proptech (designação dada a startups que trabalham na área da tecnologia aplicada ao mercado imobiliário), ficando ao lado das startups portuguesas Spott e Alfredo na 2.ª edição do CBRE Proptech Challenge.

A empresa sediada no Porto está atualmente a recrutar para todas as áreas no Porto, Florianópolis, Barcelona e Londres. Há vagas para as áreas de marketing, engenharia, vendas, recursos humanos e customer experience. Também há vagas para posições seniores como por exemplo, “um vice-presidente de vendas, para o escritório do Porto”, revela Felipe Ávila da Costa.

“Estamos a ter uma equipa cada vez mais internacional, com os escritórios que abrimos em Londres e Barcelona”. A Infraspeak tem uma equipa de 42 pessoas, com seis nacionalidades, e quer chegar aos 96 trabalhadores até meados de 2020.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Portuguesa Infraspeak é uma das 100 melhores empresas para trabalhar, diz a Escape the City

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião