Vendas no comércio a retalho aceleraram para 4,7% em julho

  • Lusa
  • 30 Agosto 2019

O desempenho do índice de volume de negócios no comércio a retalho "foi determinado pelo agrupamento produtos alimentares", diz o Instituto Nacional de Estatística.

O índice de volume de negócios no comércio a retalho acelerou 0,5 pontos percentuais em julho, para uma variação homóloga de 4,7%, divulgou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

“O comportamento do índice total foi determinado pelo agrupamento produtos alimentares, que acelerou 2,6 pontos percentuais, mais que compensando a desaceleração de 1,2 pontos percentuais do agrupamento produtos não alimentares”, refere o INE. “As variações homólogas destes agrupamentos foram de 5,3% e 4,1% em julho, respetivamente”, acrescenta.

A variação em cadeia do índice agregado foi nula no mês passado, enquanto em junho tinha sido de -1,2%. Por sua vez, os índices de emprego e de remunerações subiram, respetivamente, 2,4% e 7,5%, em termos homólogos.

“A taxa de variação mensal do índice de remunerações foi -3,6% em julho (-5,9% no mesmo período de 2018), enquanto o índice de emprego manteve um crescimento mensal de 1,5% (1,3% em julho do ano anterior)”, adianta o INE.

A variação homóloga do índice de horas trabalhadas foi de 3,8% em julho, enquanto um mês antes foi de 1,1%. “Quando comparado com junho, o índice de horas trabalhadas aumentou 3,2% (variação de 0,4% em julho do ano anterior)”, refere.

Comentários ({{ total }})

Vendas no comércio a retalho aceleraram para 4,7% em julho

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião