Rock ‘n’ Law está a chegar e vai apoiar idosos

  • ADVOCATUS
  • 6 Setembro 2019

A 11.ª edição do Rock ‘n’ Law irá decorrer no dia 22 de novembro, no Kais, em Lisboa. Os donativos angariados serão entregues este ano ao Centro de Dia de Zambujeira do Mar.

O evento Rock ‘n’ Law está quase a chegar. A 11ª edição decorrerá no Kais, em Lisboa, no próximo dia 22 de novembro. “Juntos para combater o abandono e cuidar dos nossos idosos” é o mote do evento que juntará vários escritórios de advogados no palco, distribuídos por várias bandas. Os donativos angariados no Rock ‘n’ Law irão ser entregues este ano à Associação de Solidariedade Social Nossa Senhora do Mar, em Odemira.

A associação, que iniciou a sua atividade em 2001, é conhecida por Centro de Dia de Zambujeira do Mar e conta com duas valências – Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário.

Todos os anos, o Rock ‘n’ Law abre um processo de candidaturas para a causa escolhida, estabelecendo alguns critérios elegíveis. Desde logo, a relação com a causa do ano, ser um projeto que decorre em Portugal e, preferencialmente, que tenha outros parceiros de financiamento.

Segundo o balanço oficial da última edição do Rock ‘n’ Law –– a décima edição do festival, que uniu nove bandas de 14 escritórios de advogados por uma causa: a luta contra o cancro em outubro do ano passado — no total, e feitas as contas, foram 112 mil e 300 euros de donativo para o projeto ‘Casa Segura’, da Associação Portuguesa de Luta contra a Leucemia. Numa festa que contou com 2.265 pessoas na Arena do Campo Pequeno, em Lisboa, na noite de 26 de outubro. No total foram ainda 32 os patrocinadores e contou com a Advocatus como media partner.

O valor mais alto que até aqui tinha sido conseguido pelo RnL de entrega direta a instituições de solidariedade social foi de 74 mil euros.

Foi uma edição de recordes. No número de pessoas que foram ao evento, no valor de patrocínios de empresas que conseguimos alcançar, no número de seguidores que temos nas redes sociais a acompanharem as histórias de vida que temos contado. A consequência de tudo isso é também o maior donativo líquido de sempre para uma Causa: 110 mil euros. Tínhamos um objetivo mínimo de 70 mil pelo que, com a ajuda de todos, as expectativas foram amplamente superadas. Não podíamos ter comemorado melhor esta década”, disse, à Advocatus, o coordenador do Rnl, Francisco Proença de Carvalho, sócio da Uría Menéndez – Proença de Carvalho e baterista de um das bandas que esteve no evento.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Rock ‘n’ Law está a chegar e vai apoiar idosos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião