5 coisas que vão marcar o dia

BCE pode anunciar novo plano de estímulos no dia em que Lagarde sai do FMI para assumir o leme da política monetária do euro a partir de novembro. Mas educação e transportes também marcam agenda.

O conselho de governadores do Banco Central Europeu irá anunciar se avança com um plano de estímulos para tentar novo relançamento da economia da Zona Euro. Nem de propósito, e no dia em que o BCE poderá delinear um novo plano de ataque para os próximos anos, a sua futura líder liberta-se do FMI para tomar as rédeas da política monetária do euro a partir de novembro.

Já em Portugal, prossegue a pré-campanha para as Legislativas. A Fenprof reúne ao final da tarde a maioria dos partidos com assento parlamentar para debater a educação e Rui Rio e Jerónimo de Sousa estarão frente-a-frente em mais um debate televisivo já à noite. Contudo, e ainda de manhã, o INE dará a conhecer a evolução da procura nos transportes no segundo trimestre — ou seja, aquando da redução significativa do preço dos passes promovida pela Geringonça.

Reunião de política monetária do BCE

A esperança que o Banco Central Europeu avance com um mega plano de estímulos poderá ser confirmada esta quinta-feira, data de nova reunião de política monetária do BCE. A autoridade monetária estará a ponderar num novo esforço para impulsionar a economia e a inflação da Zona Euro, que dá cada vez mais sinais de travagem a fundo. Segundo escreveu a Reuters no início do mês, o BCE estará inclinado para um corte da taxa de juro, devendo os seus responsáveis sinalizar o compromisso de manter os juros em mínimos durante mais algum tempo e de se preparar uma compensação ao setor financeiro pelos efeitos colaterais dos juros negativos.

Christine Lagarde abandona FMI

Christine Lagarde abandona esta quinta-feira o cargo de diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) para assumir, a partir de 1 de novembro, a presidência do Banco Central Europeu (BCE). A francesa será a primeira mulher ao leme da política monetária da zona euro e liderou o FMI desde 2011, cargo onde será substituída pela búlgara Kristalina Georgieva.

Fenprof com os partidos para debater a Educação

O Auditório da Escola Secundária Camões, em Lisboa, recebe a partir das 17 horas um debate promovido pela Fenprof onde (quase) todos os partidos com representação parlamentar poderão apresentar o que defendem para o setor nos próximos quatro anos. David Justino (PSD), Odete João (PS), Joana Mortágua (BE), Ana Mesquita (PCP), Mariana Silva (PEV) e Rui Prudêncio (PAN) tomarão a palavra ao longo do debate, que será moderado pela jornalista Ana Kotowicz. O CDS-PP informou a organização que não estará no debate por não ter responsáveis disponíveis para o mesmo.

Rui Rio e Jerónimo de Sousa em debate

Com as legislativas já a menos de um mês de distância, esta quinta-feira é a vez de Rui Rio (PSD) e Jerónimo de Sousa (PCP) se sentarem para um frente-a-frente. Os dois partidos, apesar de muito afastados ideologicamente, apresentam alguns pontos de convergência naquilo que defendem nos seus programas para o setor das infraestruturas e dos transportes — a exceção que confirma a regra. Tanto PSD como CDU defendem a recuperação do projeto da Alta Velocidade ferroviária e o regresso à “solução Alcochete” como solução para o novo aeroporto de Lisboa.

INE divulga evolução do setor dos transportes

O Instituto Nacional de Estatística divulga ainda esta manhã a evolução registada nos transportes portugueses ao longo do segundo trimestre de 2019, período já abrangido pela “revolução tarifária” com que o Governo avançou no início de abril, pelo que o novo “raio-x” feito pela autoridade estatística permitirá perceber em maior pormenor o real impacto do Programa de Apoio à Redução Tarifária. Os dados incluem também a evolução da procura nos aeroportos e a evolução do tráfego de mercadorias em Portugal entre abril e junho.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que vão marcar o dia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião