Ironhack e Zomato lançam programa de bolsas de estudo de 209 mil euros

Escola de programação e plataforma de restauração juntam-se para promover o acesso à educação tecnológica.

O que é que uma escola de formação em tecnologia e uma plataforma de restauração têm em comum? Fácil: a vontade de dar acesso a tecnologia a cada vez mais pessoas. A Ironhack, escola de formação em tecnologia, e a Zomato, app de descoberta de restaurantes e bares, juntaram-se para promover a formação tecnológica e, para isso, criaram 110 bolsas de estudo integrais e parciais para cursos de web development, UX/UI design e data analytics, o que corresponde a um investimento de 209 mil euros da Zomato, informaram os dois parceiros em comunicado.

“Na Ironhack estamos focados em formar a próxima geração de profissionais tech e acreditamos que a educação em tecnologia deve ser acessível para todos, independentemente da sua experiência prévia e da sua condição financeira”, sublinha Álvaro González, diretor-geral da Ironhack Lisboa. “Queremos eliminar barreiras e, desse modo, ajudar a concretizar a ambição de quem quer fazer carreira no mundo da tecnologia. Com os nossos bootcamps, 85% dos alunos consegue emprego na área em menos de três meses”, acrescenta o responsável.

Para a Zomato, a parceria com a Ironhack é uma materialização daquilo em que a empresa acredita. “A Zomato foi criada por pessoas que acreditaram num sonho e conseguiram torná-lo realidade. Encaramos esta parceria com a Ironhack como uma forma de desafiar todos os que sonham com uma carreira na indústria tecnológica a dar o salto e começar a traçar o seu próprio caminho”, explica Miguel Alves Ribeiro, country manager da Zomato Portugal.

De acordo com estudos citados pela Ironhack, o número de empregos em tecnologia vai crescer mais de 30% nos próximos sete anos. A criação destas bolsas de estudo vai permitir, acreditam os parceiros, abrir portas e criar novas oportunidades, tanto para profissionais que queiram mudar de carreira como para os que procurem atualizar-se e diversificar o leque de competências.

Com campus em cidades como Madrid, Barcelona, Miami, Paris, Berlim, Amesterdão, São Paulo e Lisboa, a Ironhack já formou, a nível global, mais de 3.000 estudantes. A informação sobre as bolsas de estudo está disponível online e o prazo de candidatura termina a 28 de outubro. Como pré-requisitos, os candidatos devem ter mais de 18 anos, um domínio intermédio da língua inglesa e participar presencialmente nas entrevistas de pré-seleção e nos bootcamps. Os resultados são conhecidos a 5 de dezembro e todos os cursos — com durações de entre nove a 24 semanas — arrancam em 2020 na Ironhack Lisboa.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Ironhack e Zomato lançam programa de bolsas de estudo de 209 mil euros

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião