Miguel Eiras Antunes é o novo líder de smart cities da Deloitte

Para o novo responsável pela gestão estratégica da Deloitte na área das cidades, esta nomeação é "um reconhecimento" do trabalho que tem sido desenvolvido em Portugal em matéria de smart cities.

Miguel Eiras Antunes, atual sócio da Deloitte, foi nomeado para assumir o cargo de líder global de smart cities e local government da consultora, empresa onde trabalha há 23 anos. Miguel Eiras Nunes é também sócio líder de government & public services, transport, hospitality & services e automotive, cargo que vai acumular com a nova posição internacional.

“É um importante desafio e o reconhecimento do trabalho que temos vindo a desenvolver, ao longo dos últimos anos, em Portugal em matéria de cidades inteligentes, e que tem, inclusivamente, servido de benchmark a uma escala mundial”, sublinha o recente nomeado. O novo responsável pela gestão da estratégia da consultora na área das cidades em todo o mundo, conduz equipas que se dedicam ao futuro da mobilidade e das cidades e o turismo 4.0.

Miguel Eiras Antunes tem 49 anos e é formado em economia e gestão empresarial. Iniciou o seu percurso profissional na Arthur Andersen em 1995 e, seis anos mais tarde, integrou os quadros da Deloitte, tendo ainda passado pela equipa fundadora da consultora Maksen. Ao longo do seu percurso, Miguel Eiras Nunes liderou diversos projetos de consultoria estratégica, com destaque, nos últimos anos, para os setores de transportes, saúde e turismo.

Esta é uma área com um potencial de crescimento enorme e que procura conciliar três vertentes essenciais de uma cidade: o desenvolvimento económico; a sustentabilidade e a qualidade de vida dos seus cidadãos. Este é um trabalho complexo que exige, por um lado, uma relação muito próxima com as pessoas e, por outro, uma integração progressiva da tecnologia na vida das cidades”, reforça.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Miguel Eiras Antunes é o novo líder de smart cities da Deloitte

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião