Schréder escolhe Portugal para desenvolver tecnologia para smart cities

  • Ricardo Vieira
  • 16 Abril 2019

Schréder está à procura de talento português nas áreas de IoT, arquitetura de sistemas e de software e programação para o desenvolvimento de soluções e sistemas inovadores.

A Schréder vai instalar em Portugal o novo centro mundial de investigação e desenvolvimento para smart cities. No Schréder Hyperion serão estudadas e desenvolvidas Soluções em IoT (internet of things), conectividade 5G, mobilidade elétrica e iluminação inteligente.

Para este projeto, a empresa belga está à procura de talento português nas áreas de IoT, arquitetura de sistemas e de software e programação, que serão responsáveis pelo desenvolvimento de produtos, soluções e sistemas inovadores, como é o caso do Shuffle – um sistema modular de iluminação que pode integrar sistemas de controlo, altifalantes, câmaras de vigilância, carregador de veículos elétricos, sinalização, hotspots, banda larga móvel e muito mais.

“Portugal tem conseguido atrair Centros de desenvolvimento e competências cada vez mais especializados e de maior valor acrescentado e a Aicep tem trabalhado ativamente para que estes projetos se concretizem, traduzindo-se em mais postos de trabalho altamente qualificados. A vinda da Schréder Hyperion com um projeto tão inovador como o das smart cities é uma excelente notícia para Portugal!”, destaca Luís Castro Henriques, presidente da Aicep.

A empresa de iluminação, que iniciou atividade em Portugal em 1956, tem apostado em soluções inteligentes que podem responder às necessidades específicas dos cidadãos como, por exemplo, ajustar a iluminação de uma rua de acordo com as necessidades dessa comunidade.

“A iluminação é muito mais do que luz. São as pessoas, e a forma como aproveitamos a tecnologia para melhorar as suas vidas. Este é o caminho inteligente para uma smart city. Isto é ‘lightability’. A Schréder Hyperion vai desenvolver e integrar tecnologias que permitam cidades abertas, fluidas, seguras, conectadas e verdes, para os seus cidadãos e para as autoridades locais”, salienta Nicolas Keutgen, Chief Innovation Officer na Schréder.

Com duas unidades industriais, em Oeiras e Alverca, Portugal tem já vários projetos no âmbito das smart cities com assinatura desta empresa, como é o caso de Lousada, o primeiro município do país a converter a iluminação pública para 100% LED.

Comentários ({{ total }})

Schréder escolhe Portugal para desenvolver tecnologia para smart cities

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião