Novo pavilhão para o Web Summit? “Negociação há-de chegar a bom porto”, diz Costa

Depois de conversar com Paddy Cosgrave, o primeiro-ministro passeou pelo espaço da conferência. Garantiu que o Governo e o Web Summit estão satisfeitos com a relação.

A relação é duradoura e vai ganhar uma casa. O primeiro-ministro, António Costa, visitou esta quarta-feira o Web Summit e garantiu estar satisfeito com a organização do evento de tecnologia em Portugal. Quanto à construção de um espaço específico, pedida por Paddy Cosgrave, o chefe do Governo mostrou-se confiante.

“Está um contrato feito e ele disse-me que está muito satisfeito, porque este ano tem sido uma excelente edição e que vai continuar a crescer”, começou por dizer o primeiro-ministro acerca do encontro com o fundador do evento.

Em abril, o irlandês anunciou que andava a visitar espaços em Lisboa com o maior construtor e operador de espaços de conferências a nível mundial, devido à falta de capacidade da FIL. E tem vindo a pedir a construção de um novo espaço, que deverá situar-se na mesma zona do Parque das Nações. “É uma negociação que está em curso com a Fundação AIP e que há-de chegar a bom porto“, garantiu agora Costa.

Criada em 2010 na Irlanda, a cimeira tecnológica, de inovação e empreendedorismo mudou-se para Lisboa, em 2016. Após o contrato celebrado no ano passada, o Web Summit irá manter-se em Portugal até, pelo menos, 2028.

“Cada ano há uma dinâmica maior neste nosso ecossistema e felizmente há mais pessoas não só a virem ao Web Summit, mas também virem para Portugal criar os seus negócios e as suas empresas”, disse Costa. “Graças muito ao Web Summit, estamos a ser reconhecidos internacionalmente como uma plataforma do empreendedorismo e da inovação a nível mundial“, acrescentou.

Comentários ({{ total }})

Novo pavilhão para o Web Summit? “Negociação há-de chegar a bom porto”, diz Costa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião