SAD do Benfica diz que OPA é “oportuna”. Evita “ataques hostis”

O Benfica lançou uma OPA parcial sobre a SAD oferecendo uma contrapartida de cinco euros por cada ação. SAD considera "oportuna" a oferta apresentada.

Depois de o Benfica ter lançado uma OPA parcial sobre a SAD, oferecendo uma contrapartida de cinco euros por cada ação, a SAD vem agora dizer que considera essa oferta como “oportuna”, lê-se no comunicado enviado esta segunda-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). E diz que a contrapartida é “justificada”.

Esta OPA “visa o reforço da posição acionista do Sport Lisboa e Benfica na Benfica SAD, possibilitando a continuidade do rumo estratégico que tem vindo a ser prosseguido nos últimos anos, enquanto contribui igualmente de forma relevante para obviar eventuais tomadas significativas de posições acionistas hostis“, diz a SAD.

Além disso, tem o mérito de permitir “aos acionistas que adquiriram ações da Benfica SAD no decurso da oferta pública de distribuição realizada em 2001 venderem ações de que são titulares a um preço semelhante ao preço nominal a que as mesmas foram então subscritas”, o que lhes dá a “possibilidade de recuperarem o montante investido, caso vendam as referidas ações na oferta”.

O Benfica lançou uma OPA parcial com uma contrapartida de cinco euros por ação, valor esse que é superior “à cotação média ponderada das ações da Benfica SAD no período de seis meses anterior à divulgação do anúncio preliminar da oferta”, bem como à “cotação intradiária mais elevada das ações da Benfica SAD no período de seis meses anteriores” à OPA.

Além disso, a SAD salienta também “o facto de a oferta ser parcial permite manter as ações que representam o capital social da Benfica SAD admitidas à negociação no mercado regulamentado Euronext Lisbon, o queo prejudica o modelo de financiamento da Benfica SAD que tem sido seguido nos últimos anos”.

Por todas estas razões, refere o documento, “o Conselho de Administração da Benfica SAD considera a oferta oportuna”, sendo que “a contrapartida é justificada, reunindo as condições adequadas à sua aceitação por parte dos seus destinatários”.

É crucial que seja dada continuidade à atividade empresarial da Benfica SAD, como os termos da oferta asseguram, mantendo-se como sociedade emitente de ações admitidas à negociação em mercado regulamentado e assim com dispersão de capital junto do público”, remata.

(Notícia atualizada às 21h11 com mais informação)

Comentários ({{ total }})

SAD do Benfica diz que OPA é “oportuna”. Evita “ataques hostis”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião