Benfica lança OPA para ficar com a SAD. Paga 5 euros por ação

O clube lançou uma oferta pública de aquisição parcial para comprar 28,06% do capital da SAD que ainda não detém. Operação totaliza os 32,3 milhões de euros.

O Sport Lisboa e Benfica quer ficar com a totalidade do capital da SAD e lançou uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) parcial, em que oferece cinco euros por ação. O clube, que detém atualmente 66,9%, pretende adquirir o equivalente a 28,06% do capital da SAD. A operação totaliza 32,3 milhões de euros.

“A oferta é parcial e voluntária e tem por objeto até 6.455.434 ações, nominativas e escriturais da categoria B, que são ordinárias, com o valor nominal unitário de 5 euros, representativas de 28,0671% do capital social da sociedade visada”, entre as quais não se encontram incluídas ações já detidas pelo Benfica, anunciou o clube, em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

O montante oferecido aos atuais acionistas representa um prémio superior a 81% face à cotação de fecho das ações (2,76 euros) esta segunda-feira, na bolsa de Lisboa.

Benfica oferece prémio de 81%

Mas há uma razão para o valor avultado: o clube quer compensar os acionistas que compraram no IPO, em 2001, apesar da desvalorização para quase metade do valor dos títulos.

“O preço oferecido por ação visa assegurar que os acionistas que adquiriram as suas ações na sociedade visada no decurso da oferta pública de distribuição realizada em 2001 possam vender as ações de que são titulares a um preço semelhante ao preço nominal a que as mesmas foram então subscritas (1.000 escudos, ou seja, 4,99 euros)”, explica.

Caso a operação seja concluída com sucesso, o capital da SAD que não é controlado pelo Benfica passará a ser cerca de 5%, sendo que acrescem ainda 3,28% detidos pelo presidente Luís Filipe Vieira, cujos direitos são imputados ao clube. Este e os outros seis acionistas que pertencem a órgãos sociais do clube (com um total de 0,0067%) não poderão entrar na operação pelo que a proposta é que a venda desta restante parte do capital seja feita no fim dos respeitos mandatos.

Apesar de querer ficar com a totalidade do capital, o clube diz que não quer fazer outras alterações e afasta a hipótese de sair da bolsa de Lisboa.

“É intenção do oferente dar continuidade à atividade empresarial da sociedade visava, enquanto sociedade aberta ao investimento do público sob o domínio exclusivo do Sport Lisboa e Benfica e com as ações representativas do seu capital social admitidas à negociação no mercado regulamentado Euronext, mantendo a sua equipa de gestão e prosseguindo a estratégia definida para a sociedade visada”, acrescentou o clube.

Após o anúncio preliminar publicado esta segunda-feira, o Sport Lisboa e Benfica espera agora o registo pela CMVM. O intermediário financeiro desta operação é o Haitong Bank.

(Notícia atualizada às 00h03)

Comentários ({{ total }})

Benfica lança OPA para ficar com a SAD. Paga 5 euros por ação

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião