Fundo de pensões do BPI compra Pestana Delfim Hotel por 35 milhões

O Pestana Delfim Beach & Golf Hotel, no Algarve, foi vendido a um fundo de pensões. Esta é considerada uma das maiores transações hoteleiras a nível nacional.

O Pestana Delfim Beach & Golf Hotel, em Alvor, foi vendido ao fundo de pensões do BPI por cerca de 35 milhões de euros. O empreendimento com mais de 300 quartos pertencia a um fundo da empresa de gestão de créditos Finsolutia, apurou o ECO. Esta é considerada uma das maiores transações hoteleiras a nível nacional.

Localizado a cinco minutos a pé da praia do Alvor, o hotel passa agora a ser propriedade de um fundo de pensões, adiantou esta quarta-feira a Worx, que representou o comprador, mas o ECO apurou que se trata de um fundo do BPI. Esta operação contraria “um pouco a tendência que se tem registado ultimamente neste setor”, diz a consultora, dado que a maioria dos hotéis tem passado para a mão de investidores internacionais.

Pestana Delfim HotelD.R.

Fechada por cerca de 35 milhões de euros, esta foi a maior operação em investimentos de hotelaria no Algarve registada no quarto trimestre de
2019 e uma das maiores a nível nacional, o que demonstra a efervescência do mercado de hotelaria, em particular na zona do Algarve, refere a Worx.

“A confiança, experiência, dedicação e discrição, são as fundações sobre as quais a Worx assenta o seu trabalho e pelas quais obtém reconhecimento do mercado quando participa neste tipo de operações”, diz Pedro Valente, do Departamento de Capital Markets da Worx.

A unidade hoteleira tem 240 quartos duplos, 59 quartos familiares e 13 suítes, um restaurante, dois bares, cinco salas de reuniões e um salão de eventos. O Grupo Pestana está no imóvel como arrendatário e, depois desta operação, assim vai continuar.

Pestana Delfim HotelD.R.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fundo de pensões do BPI compra Pestana Delfim Hotel por 35 milhões

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião