Fragoso é novo diretor de informação da RTP. Carlos Daniel, António José Teixeira e Adília Godinho são os novos adjuntos

  • ECO
  • 19 Dezembro 2019

Fragoso vai ter três diretores adjuntos: Carlos Daniel, António José Teixeira e Adília Godinho, apurou o ECO.

José Fragoso foi escolhido pelo conselho de administração da RTP para diretor de Informação, acumulando assim com as funções de diretor de Programas que exerce atualmente no canal público, avança o Público. Escolha surge no seguimento da demissão de Maria Flor Pedroso da direção de informação do canal público de televisão. Fragoso vai ter três diretores adjuntos: Carlos Daniel, António José Teixeira e Adília Godinho, apurou o ECO.

O atual diretor de programas da RTP irá assim transformar-se numa espécie de superdiretor da RTP. A escolha de Fragoso terá ainda de ser sujeita ao parecer vinculativo da Entidade Reguladora para a Comunicação Social – que terá, primeiro, que aprovar a saída de Maria Flor Pedroso, que pediu demissão na passada segunda-feira.

Para além dos três novos diretores adjuntos — Carlos Daniel, António José Teixeira e Adília Godinho — a equipa de José Fragoso contará ainda com três subdiretores. Estes serão Hugo Gilberto, Joana Garcia e Rui Romano, atual subdiretor com o pelouro da produção.

A escolha de José Fragoso surge quase ano e meio depois de este ter assumido o cargo de diretor de Programas da RTP em junho de 2018. No seu currículo consta ainda que foi um dos fundadores da TSF, tendo também passado pela SIC e TVI, pela RTP1 e pela RTP2. Para além das televisões, o jornalista colaborou com o semanário Expresso e mais tarde integrou o Público.

(Notícia atualizada)

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Fragoso é novo diretor de informação da RTP. Carlos Daniel, António José Teixeira e Adília Godinho são os novos adjuntos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião