Ronaldo, Messi e Sérgio Moro entre as 50 personalidades de década para o FT

  • Lusa
  • 24 Dezembro 2019

Rivalidade entre CR7 e Messi, que será coroada como a “maior batalha no futebol de todos os tempos”, foi um motor determinante na máquina de marketing global que o futebol se tornou.

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi estão entre as 50 personalidades que, segundo o Financial Times, marcaram a segunda década do século XXI, com figuras como o ex-Presidente norte-americano Barack Obama, ou do co-fundador da Uber, Travis Kalanick.

O jornal britânico considera que a rivalidade entre os dois jogadores, que será coroada como a “maior batalha no futebol de todos os tempos”, foi um motor determinante na máquina de marketing global que o futebol se tornou, atraindo milhões de novos fãs, em particular na Ásia, abrindo o caminho a contratos bilionários de direitos de transmissão e patrocínios.

“A rivalidade intensa entre as superestrelas argentina e portuguesa tomou conta da liga espanhola, Liga dos Campeões e Campeonato do Mundo – e em inúmeros jogos de consola em todo o planeta”, escreve o jornal, sublinhando que em nove dos últimos dez anos um dos dois foi considerado o melhor jogador do mundo.

O atual ministro brasileiro da Justiça, Sérgio Moro, faz igualmente parte da lista. A partir das suas funções enquanto juiz numa cidade provincial, Moro liderou uma investigação anti-corrupção que dinamitou o “establishment” político da América Latina, e levou à detenção do ex-Presidente brasileiro Lula da Silva, assim como implicou quatro antigos presidentes do Peru.

O FT assinala que a ascensão no ano passado de Sérgio Moro a ministro da Justiça no Governo de extrema-direita de Jair Bolsonaro criou dúvidas sobre a sua independência enquanto juiz, mas coloca-o em muito boa posição para chegar à presidência brasileira.

A segunda década do século XXI começou com medidas de austeridade de reação à crise financeira global eclodida no final da primeira década e acaba com a emergência de governos populistas e de regimes liberais em todo o mundo, assinala a publicação.

A lista das 50 Personalidades da Década eleitas pelo FT reflete estes desenvolvimentos e nela constam vários políticos populistas, apoiados por poderosos executivos da banca e indústria, determinantes no novo xadrez mundial.

Entre estes pontuam Nigel Farage, líder do partido da Independência do Reino Unido, que para o FT é o principal responsável pela decisão do Reino Unido abandonar a União Europeia, ou os irmãos bilionários Charles e David Koch, donos de um império industrial no Kansas, que usaram a fortuna para lançar uma revolução na extrema-direita nos Estados Unidos, criando as fundações para a ascensão de Donald Trump ao poder em 2016.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ronaldo, Messi e Sérgio Moro entre as 50 personalidades de década para o FT

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião