3 desejos para 2020 de André Silva: “Abolir a tauromaquia”

  • ECO
  • 4 Janeiro 2020

O porta-voz do PAN partilhou com o ECO os desejos que tem para o próximo ano. Habitação digna, uma lei de bases do clima e acabar com a tauromaquia são alguns dos objetivos para 2020.

André Silva chegou ao Parlamento em 2015 onde esteve sozinho durante quatro anos a representar o PAN. Nas legislativas de 2019 conseguiu aumentar o número de deputados para quatro e ganhar peso numa legislatura onde o PS venceu as eleições mas sem maioria absoluta. Com esta nova dinâmica, o PAN ganhou um novo relevo na geometria variável necessária para a aprovação de diplomas no Parlamento. O Orçamento do Estado para 2020 será já um primeiro teste.

Numa primeira reação à proposta entregue no Parlamento, Andrés Silva sublinhou que “houve algumas convergências tímidas em algumas matérias, mas houve uma série de propostas que não foram acolhidas”. Para o partido são necessárias alterações nas taxas de gestão de resíduos e de recursos híbridos, especialmente para quem consome mais água, como é o caso das culturas intensivas na atividade pecuária. E é fundamental “aumentar as contribuições das embalagens de uso único e descartável”.

Mas para 2020, o PAN quer “garantir habitação digna para todas as pessoas, aprovar a lei de bases do clima e abolir a tauromaquia“, um espetáculo que ganha adeptos há três anos consecutivos. De acordo com dados do Relatório da Atividade Tauromáquica 2019, publicado esta quinta-feira e citado pelo Público (acesso condicionado), 383.900 pessoas assistiram durante o ano a atividades relacionadas com a tauromaquia, o que representa um aumento de 4.900 espetadores face a 2018, ano em que este número se ficou pelo 379 mil. Estes são alguns dos desejos para o próximo ano que o porta-voz do PAN partilhou com o ECO.

  1. “Garantir habitação digna para todas as pessoas, aprovar a lei de bases do clima, abolir a tauromaquia, assegurar a devida proteção às vítimas de violência doméstica e garantir um combate eficaz e consequente à corrupção.”
  2. “Que todas as pessoas participem mais na vida pública e política, pois só através desta participação se pode responsabilizar os eleitos e eleitas pelas decisões tomadas para o país. Maior participação democrática implica mais escrutínio e, logo, mais confiança em quem nos representa.”
  3. “Que o PAN continue a demonstrar a importância do voto que nos foi confiado, e que consiga fazer aprovar medidas concretas que respondam aos principais problemas e preocupações do país.”

3 desejos para 2020 é uma série de artigos a antecipar o que vai acontecer no próximo ano, nos mais variados domínios. Desafiámos políticos, empresários, gestores, advogados, reguladores, sindicatos e patrões a revelarem três desejos para o próximo ano: 1) Um desejo para o país, 2) Um desejo para o seu setor e, finalmente, 3) Um desejo para a empresa/entidade que gerem. Todos os dias, até ao final do ano, não faltarão desejos aqui no ECO.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

3 desejos para 2020 de André Silva: “Abolir a tauromaquia”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião