Isabel dos Santos e marido “mudam-se” para o Dubai

  • ECO
  • 4 Janeiro 2020

A morada profissional da empresária angolana e do marido, que consta nos registos de várias sociedades em Malta, mudou para uma luxuosa área no Dubai, avança o Expresso.

Isabel dos Santos mudou de residência profissional para o Dubai, avança o Expresso (acesso pago), que cita documentos depositados no registo comercial de Malta. Aquela que é vista como a mulher mais rica de África e o marido, Sindika Dokolo, vivem na luxuosa área de Jumeirah Bay pelo menos desde junho, segundo o semanário.

A empresária angolana tem sido acusada de ter lesado o Estado angolano quando o pai, José Eduardo dos Santos, era Presidente da República de Angola, cargo que ocupou durante décadas. Mais recentemente, no final de dezembro, o Tribunal Providencial de Angola decidiu o arresto preventivo de participações de Isabel dos Santos e de Sindika Dokolo, em empresas como a Unitel, o BFA, o Bic Angola e a ZAP.

Isabel dos Santos tem recorrido às redes sociais para negar tem cometido qualquer infração. E, já este ano, disse num vídeo em direto no Instagram que “a luta continua”. A empresaria garante ainda continuar “a acreditar” em Angola.

No entanto, segundo o Expresso, Isabel dos Santos encontra-se a resguardar a fortuna fora do país. Mais propriamente no Dubai, tendo a empresária passado, igualmente, a assumir cidadania russa, uma nacionalidade que vem da parte da mãe, Tatiana Kukanova. Contactada pelo jornal, Isabel dos Santos não reagiu.

Não era segredo que Isabel dos Santos se encontrava fora de Angola. Na decisão judicial que lhe arrestou os bens, lê-se que a empresária e o marido encontram-se “a residir entre Lisboa e o Reino Unido”. No entanto, não havia referência ao Dubai, onde se situa a “morada profissional” que consta, desde novembro, nos registos de algumas sociedades da empresária, como é o caso da Finisantoro Holding (que detém parte do EuroBic) ou, ainda antes, da Kento Holding (que detém parte da posição de Isabel dos Santos na operadora Nos).

O Dubai é conhecido por não taxar os rendimentos de cidadãos e empresas, sendo, por isso, um atrativo paraíso fiscal. Mas desde 2017 que os Emirados Árabes Unidos, aos quais pertence o Dubai, não fazem parte da “lista negra” dos paraísos fiscais, elaborada pela União Europeia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Isabel dos Santos e marido “mudam-se” para o Dubai

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião